Conecte-se a nós

Essencial

Resenha: O Bom Sam

Published

em

Foto: Divulgação

Uma jornalista com faro investigativo é afastada de suas habituais pautas – geralmente perigosas envolvendo incêndios e ataques-, para fazer a cobertura de um caso inusitado na cidade de Nova York. Pessoas começam a encontrar em suas portas sacos de dinheiro, contendo 100 mil dólares.

No início, Kate (Tiya Sircar), que tem a vida sempre focada nas questões profissionais, está incrédula quanto ao fato de alguém estar doando essa quantia em dinheiro sem esperar nada em troca. A moça, que é filha de um deputado, não cria grandes perspectivas quanto à bondade das pessoas.

Seu envolvimento com o caso começa a mudar quando entra em contato com as pessoas que receberam o valor monetário. O bom samaritano, como é chamado, transforma não somente a vida das famílias, mas de todos ao seu redor. A solidariedade toma conta da cidade, junto às novas informações de sua reportagem. Em si, o filme é um bom passatempo para a família, bem ao estilo sessão da tarde. Traz a perspectiva do que uma boa ação pode fazer na vida das pessoas.

Além disso, o mais interessante é a interatividade e colaboração dentro da emissora em que Kate trabalha, todos unidos para que o resultado do trabalho seja bom, sem competições, como vemos em muitos enredos. É claro, temos um envolvimento amoroso também, mas esse fica em segundo plano. O longa está disponível na Netflix.

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta