Conecte-se a nós

Essencial

Biografias e a Segunda Guerra Mundial

Published

em

Foto: Divulgação

Desde o começo da adolescência, quando comecei a me interessar por livros e filmes, dois temas sempre estiveram no meu radar: biografias e Segunda Guerra Mundial. Se ambos estão juntos, a obra tem minha atenção na certa.

Eu tinha uns 10 anos quando conheci “A Lista de Schindler” (1993) e “A vida é Bela” (1997). Imediatamente, a avassaladora força do Nazismo ganhou meu interesse. Desde então, na busca por entender essa parte da história mundial, sempre que posso, assisto a filmes e documentários, leio livros e artigos que tratam sobre os terrores provocados pelo Nacional-Socialismo Alemão, símbolo da extrema-direita germânica.

Quando assisti “A Queda – as últimas horas de Hitler” (2004) pela primeira vez, fiquei ainda mais encantada com a história do líder nazista e o papel influenciador que ele teve na sociedade alemã. Dez anos mais tarde, conheci “O Jogo da Imitação”, que conta a história de um dos mocinhos da guerra, Alan Turing, vivido pelo incrível Benedict Cumberbatch. Este se tornou o meu filme preferido dentre todos que abordam este assunto.

Na última semana, assisti à mais um filme sobre a Segunda Guerra: “Operação Final”, que conta como um grupo de agentes do Serviço Secreto Israelense atuou infiltrado na Argentina, na década de 1960, para capturar o oficial nazista Adolf Eichmann, responsável por idealizar os campos de concentração e o transporte dos judeus até eles.

Por se tratar de um fato histórico, é óbvio que eu já sabia qual seria o final do filme, mas como sou apaixonada por este tema, foi impossível não me envolver com os personagens e não ficar apreensiva a cada momento de suspense.

Um filme simples e sem críticas, mas incrível na abordagem do assunto, na fotografia e no elenco, formada por estrelas já conhecidas do público. O protagonista é Oscar Isaac, que interpreta o investigador judeu responsável pela captura do nazista Peter Malkin. Isaac é conhecido, dentre outros trabalhos, por dar vida ao piloto da Resistência Poe Dameron, nos episódios 7 e 8 de “Star Wars”.

Eichmann ganha vida na interpretação de Ben Kingsley, que já viveu outros personagens da vida real, dentre eles o ilusionista e cineasta francês Georges Méliès, em “A Invenção de Hugo Cabret”. O elenco top conta, ainda, com Mélanie Laurent, interpretando a espiã Hannah. Em outro filme, a ficção “Bastardos Inglórios”, Laurten interpretou a judia Shosanna Dreyfuss. Nesta trama, a personagem é responsável pela “vingança dos sonhos” contra a cúpula do Nazismo.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: