Conecte-se a nós

Essencial

A era do Crossfit

Published

em

Imagens: Agnes Samantha

Com objetivo de melhorar o condicionamento físico das pessoas de diferentes idades, desde sedentários até os mais atletas, surgiu o Crossfit. Prática que combina força, resistência, agilidade e flexibilidade. O esporte é derivado de várias outras modalidades, como atletismo, ginástica olímpica e levantamento de peso e apesar das informações presentes na internet, que ressaltam o alto nível do esporte, na modalidade de competição, qualquer pessoa, de ambos os sexos, pode praticar o Crossfit.

O coach Lucas Rosa, de 24 anos, é formado em educação física, certificado em Crossfit Level 1 e treina há dois anos e meio. “Diferentemente do que muitos pensam, qualquer pessoa pode praticar esse tipo de atividade física, o que vai mudar é a intensidade dos exercícios, que serão adaptadas conforme as necessidades do aluno”.

No local onde trabalha, o box, como são chamadas as academias especializadas, ele atende no máximo 20 pessoas por aula. Grande parte delas, buscando qualidade de vida e não o alto nível de competição. Nas aulas é possível ver a união dos treinos de levantamento de peso olímpico, atividades que ajudam no condicionamento metabólico, como ciclismo e corrida, e os exercícios feitos com o próprio peso do praticante. Além de contar com exercícios com cordas, caixas, pneus e elásticos.

 

Modalidade esportiva X Atividade Física para qualidade de vida

Os treinos contribuem para perda de peso e/ou crescimento muscular, quando o treinamento é mais voltado à intensidade. Dividido em duas modalidades o Crossfit tem treinos com tempo médio entre 40 e 60 minutos.

A quantidade crescente de adeptos também viabiliza que vários boxes promovam as competições, que buscam desafiar os limites dos competidores, que não sabem quais exercícios serão executados durante a maratona. Assim como qualquer outra modalidade esportiva, como vôlei ou futebol, o Crossfit de alta performance leva o corpo ao seu extremo e desafia seus limites. Lucas relembra que a sobrecarga acontece de acordo com cada indivíduo. “A ideia do cross é desenvolver o condicionamento físico do atleta. Mas a prioridade é sempre a qualidade de vida.”

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: