Essencial

Um mal chamado micose de unha

Published

em

Arte: Gisele Bineck

A onicomicose, conhecida popularmente como micose de unha, é uma infecção causada por fungos que deixa a unha amarelada ou esbranquiçada, deformada e grossa. Geralmente, as unhas dos pés são mais afetadas do que as das mãos, por enfrentarem ambientes úmidos, escuros e quentes com mais frequência. Se a imunidade estiver baixa pode-se contrair a micose nos pés andando descalço em piscinas ou banheiros públicos e usando sapatos apertados. Já nas mãos, isso ocorre especialmente quando se partilham materiais de manicure.

A gerente da Líder Farma Catedral, Bruna Xavier, comenta que o tratamento pode ser feito de diversas formas, com o uso de esmaltes antifúngicos, remédios orais ou pomadas, mas o ideal é seguir a orientação de um dermatologista.

Outra opção é o laser que, normalmente, é usado em casos de micose crônica. A técnica elimina o fungo através de raios infravermelhos e é bastante eficaz, porém, é uma forma de tratamento mais cara. “A melhor forma de prevenir uma micose é cuidar da higiene e evitar a exposição a locais ou situações que possam favorecer a infecção,” orienta Bruna.

O tratamento, normalmente, é demorado porque o fungo só é eliminado quando a unha cresce o suficiente. Por isso, a cura geralmente chega por volta dos 6 meses para a micose das unhas das mãos e 12 meses para os pés, quando é seguido corretamente.

 

Precauções

Evitar usar sapatos apertados

Preferir meias de algodão

Lavar e secar muito bem os pés, inclusive entre os dedos

Usar sempre chinelos em piscinas ou banheiros públicos

Usar materiais de manicure ou pedicure próprios e não partilhados

Estes cuidados aceleram o tratamento da micose de unha e previnem uma nova infecção. Dessa forma, também podem ser feitos mesmo quando está em andamento o tratamento indicado pelo médico.

clique para comentar

Deixe uma resposta