Conecte-se a nós

Essencial

Os perigos para a saúde presentes no banheiro

Published

em

Foto: Divulgação

Todas as impurezas passam pelo lugar mais íntimo e também mais sujo da casa, o banheiro. O local é próprio para fazemos a higiene pessoal, mas caso não sejam tomados os devidos cuidados ou não sejam adotados hábitos de limpeza, é possível contrair diversos problemas de saúde.

E engana-se quem pensa que isso pode ocorrer apenas nos banheiros públicos. O maior risco está na tampa e no assento do vaso sanitário, que podem estar contaminados com vírus ou bactérias intestinais das pessoas que utilizaram o local.

Mesmo que estejam aparentemente limpos, ao tocar na tampa ou no assento, os germes passam para as mãos que, se não forem bem lavadas, podem facilmente levar esses micro-organismos causadores de doenças para a boca, provocando uma infecção intestinal.

Por isso, a importância de lavar bem as mãos. Este simples ato reduz em até 40% o perigo de contrair doenças como gripe, diarreia, infecção estomacal, conjuntivite e dor de garganta.

A vigilância sanitária de Lages alerta sobre os riscos de algumas doenças, caso o vaso esteja contaminado, como o vírus HPV ou herpes. No entanto, as doenças sexualmente transmissíveis (DST), como a AIDS, não estão entre as que podem ser transmitidas pelo vaso sanitário, uma vez que os micro-organismos que causam estas patologias não sobrevivem fora do corpo por muito tempo.

Também dão dicas para o procedimento de limpeza geral, evitando a transmissão dessas doenças e controlando os odores do banheiro. Além de recolher o lixo, limpar tetos, parede, janelas, pia, vaso sanitário e portas uma vez por semana, outra forma de prevenir é usar um higienizador de bolso, aprovado pela ANVISA, para limpar e higienizar as tampas e os assentos do vaso sanitário. Assim, é possível deixar o vaso livre de germes causadores de doenças sem correr o risco de agredir ou provocar reações na pele.

Segundo informações da Apoio HBB Comercial, Importadora, Exportadora e Distribuidora de Metais Sanitários, os maiores perigos do banheiro são:

#1 SABONETE COMPARTILHADO

Os sabonetes comuns não têm ação desinfetante, portanto, ao usar um sabonete que outras pessoas utilizam você pode contrair doenças e alergias de pele, além de outras bactérias que causam outros problemas de saúde.

#2 CONTAMINAÇÃO DE OBJETOS

Toalhas de rosto ou de corpo, roupas íntimas e escovas de dente podem se contaminar com os germes e bactérias presentes no banheiro que, consequentemente, prejudicam sua saúde.

#3 ACIDENTES

O piso do banheiro, geralmente, é liso, então, o chão já molhado, fica arriscado, principalmente, se misturar com água e sabão. Por isso, fique atento! Uma queda no banheiro pode ser muito perigosa.

#4 FUNGOS

Tomar banho descalço (a) pode ser um perigo em banheiros públicos ou desconhecidos, pois não se sabe a frequência da limpeza do local.

#5 AGRAVO DE PROBLEMAS RESPIRATÓRIOS

Algumas pessoas sempre tomam banho com as janelas e portas do banheiro fechadas, mantendo o ambiente dessa forma após o banho. Não deixar o banheiro ventilar pode fazer o ambiente acumular bolor e fungos que podem causar problemas respiratórios e entre outros.

#6 ROUPA ÍNTIMA

Embora lavar a roupa íntima sob a água quente do chuveiro seja um bom hábito, pois isso ajuda a matar diversos germes e bactérias, deixá-la secando no banheiro é uma péssima ideia, pois é ali que acumula todo tipo de germe, possibilitando graves problemas de saúde.

#7 DESCARGA

A ação mais perigosa do banheiro é dar a descarga com a tampa aberta. É como pulverizar bactérias no ar. Os micros organismos podem atingir até 6 metros de altura e ainda permanecem no ar por até 2 horas.

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: