Geral

Estado de emergência: SC coloca transporte coletivo em quarentena por 7 dias

Published

em

Governador anunciou medidas duras de combate ao coronavírus - Julio Cavalheiro / Secom / Divulgação

Novas medidas restritivas para combater o contágio do coronavírus no Estado de Santa Catarina foram divulgados na noite desta terça-feira (17) pelo governador Carlos Moisés (PSL).

Entre as atividades suspensas pelo prazo de sete dias, está a circulação de veículos de transporte urbano intermunicipal e interestadual de passageiros. Na Grande Florianópolis, de acordo com o Setuf (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano), é aguardada a notificação oficial para iniciar a cumprir a determinação.

SERVIÇOS ESSENCIAIS MANTIDOS

No entanto, o governador afirmou que serviços essenciais como farmácias, serviços funerais, mercados, supermercados e postos de combustíveis e de venda de gás e água não serão fechados.

SERVIÇOS NÃO ESSENCIAIS

Além desta quarentena no transporte coletivo, ficam suspensos outros serviços privados não essenciais. Entram nesta categoria, por exemplo, academias, shopping center, restaurantes e comércio em geral.

HOTELARIA

O governador afirmou que o setor será instruído em uma portaria específica para o setor hoteleiro suspender as reservas no mesmo período de sete dias.

REUNIÃO DE PESSOAS

Também ficam suspensas por 30 dias qualquer tipo de aglomeração de pessoas, por exemplo aniversários, cursos presenciais, cultos e missas de igrejas.

Fonte: Notícias do Dia

1 Comentário

1 Comentário

  1. Joel Paganini

    18/03/2020 at 10:03

    Como o poder público está organizando o sistema de saúde em Lages para enfrentar a Covid?

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto:
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: