Conecte-se a nós

Negócios

Conheça três tipos de metas para o seu planejamento financeiro

Published

on

Estabelecer prazos para se adequar financeiramente é essencial para não entrar no vermelho - Freepik/ Ilustração

Definir metas financeiras no planejamento a curto, médio e longo prazo é um dos principais passos para o sucesso nas finanças. É importante ter objetivos, sejam eles coisas que você pretende alcançar em algum momento no futuro ou hábitos e posturas possam melhorar suas finanças hoje mesmo, como ajudá-lo a economizar dinheiro e a fazer investimentos.

Além disso, se você não trabalha suas finanças com um direcionamento específico, é provável que acabe gastando mais do que deveria, correndo, assim, o risco de não ter dinheiro para algum imprevisto.

Metas financeiras de curto e médio prazo tendem a ser mais simples de alcançar. Por outro lado, objetivos de longo prazo precisam ser mais elaborados, uma vez que dependem de um planejamento financeiro bem feito. Saiba mais.

Metas financeiras de curto prazo

Estes primeiros passos são relativamente fáceis de alcançar, mas já representam um grande auxílio às suas finanças e uma importante contribuição para os objetivos financeiros de médio e longo prazo.

Estabeleça um orçamento

Antes de mais nada, é importante saber aonde seu dinheiro está indo. Você pode criar um orçamento à moda antiga, revendo seus extratos bancários e contas dos últimos meses e classificando cada despesa em uma planilha, ou mesmo em papel.

Uma maneira mais fácil de acompanhar os seus gastos é usar um software de orçamento online. Esse tipo de programa pode compilar as informações de todas as suas contas em um único lugar e organizar suas despesas em categorias automaticamente.

Seja como for, um orçamento permite que você veja quais são suas despesas essenciais, como seus gastos se comparam à sua renda, que despesas podem ser reduzidas e quanto você pode economizar a cada mês.

Crie um fundo de emergência

Um fundo de emergência é o dinheiro que você reserva especificamente para pagar despesas inesperadas. Para começar, algo em torno de R$500 a R$1.000 é um bom objetivo. Com o tempo, é bom expandi-lo, para que ele possa cobrir dificuldades financeiras maiores, como o desemprego.

Pague seus cartões de crédito

Os juros de cartão de crédito são muito altos e podem complicar seu caminho em direção às metas financeiras estabelecidas. Pague essas contas integralmente e escape da “bola de neve” de dívidas antes que ela atrapalhe seu planejamento.

 

Metas financeiras de médio prazo

Uma vez que você tenha criado um orçamento, estabelecido um fundo de emergência e quitado sua dívida de cartão de crédito, é hora de começar a trabalhar em metas financeiras de médio prazo. Esses objetivos criarão uma ponte entre suas metas financeiras de curto e longo prazo. Pense em coisas que deseja realizar nos próximos três a dez anos, como:

  • Fazer um seguro de vida e uma previdência privada;
  • Pagar empréstimos estudantis;
  • Pensar em seus sonhos, como uma viagem, a compra de um imóvel, um casamento, ter um ou mais filhos.

Você pode até mesmo querer fazer todas essas coisas. Entretanto, tenha em mente que trabalhar em muitas metas de médio prazo ao mesmo tempo exige um planejamento mais minucioso.

 

Metas financeiras de longo prazo

O maior objetivo financeiro de longo prazo para a maioria das pessoas é economizar dinheiro suficiente para a velhice. A regra comum diz que você deve economizar de 10% a 15% de cada salário por meio de investimentos que tenham bom rendimento. Mas, para saber exatamente quanto economizar, você precisa fazer uma estimativa de quanto gastará anualmente depois de uma certa idade.

Definir metas financeiras no planejamento é crucial para não sair dos trilhos. É uma prática que evita gastos excessivos e endividamento. No processo, você perceberá que pequenos hábitos cultivados ao longo de anos ajudam a atingir seus objetivos.

 

Fonte: GuiaBolso

Comentários
Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade/responsabilidade do Correio Lageano. A reprodução, adaptação, modificação ou utilização do conteúdo disponibilizado neste site, parcial ou integralmente, é expressamente proibida sem a permissão prévia por escrito do CL ou do titular dos direitos autorais.