Conecte-se a nós

Essencial

Animais fantásticos: Os crimes de Grindelwald

Published

em

Foto: Divulgação

Para os fãs da autora JK Rowling, a saga de Animais Fantásticos está sendo um prato cheio. Em seu segundo capítulo, a autora é também roteirista, diferentemente do que ocorreu com a saga de Harry Potter. E traz ainda mais referências do mundo bruxo já conhecido por seus leitores.

Nomes, locais e feitiços familiares fazem com que a sala de cinema entre em frenesi, com os olhos e ouvidos bem abertos. Diferentemente do que acontece no primeiro filme, que trouxe fragmentos de memórias da história presente em Potter, Animais Fantásticos e os Crimes de Grindelwald nos transporta para Hogwarts. Além da escola, temos a presença de ninguém mais, ninguém menos do que Alvo Dumbledore, interpretado por Jude Law.

Ele é uma figura importante no enredo (ou podemos dizer que continua sendo uma figura importante) e vem para mostrar a sua sagacidade, tão conhecida, na luta contra o bruxo das trevas Gellert Grindelwald, seu amigo (ou algo mais), que foi derrotado por ele, concedendo o título de bruxo dos bruxos já na saga anterior.

Não podemos deixar de citar Newt Scamander (Eddie Redmayne), Tina Goldstein (Katherine Waterston), Queenie Goldstein (Alison Sudol) e Jacob Kowalski (Dan Fogler), personagens que brilharam aos olhos desde a primeira atuação.

Também é importante citar os personagens apresentados, como o irmão de Newt, Nicolau Flamel (citado em Harry Potter e a Pedra Filosofal), Nagini (sim a cobra de Voldemort), e Leta Lestrange (Zoë Kravitz) membro de uma família bem reconhecida pelos fãs da saga.

É impossível assistir Animais Fantásticos sem pensar em Harry Potter, principalmente para os fãs (sim, eu sou uma). Mas a história tem um enredo diferente, que não impossibilita pessoas que nunca viram HP de ter uma bela experiência cinematográfica.

Um mundo de criaturas mágicas que contemplam vários países do mundo e o recrutamento de Grindelwald para seguidores que assim como ele, querem dividir o mundo entre bruxos puro sangue e seres não-mágicos (trouxas), fazem parte da trama principal.

Mas é Credence (Ezra Miller) que atrai a maior atenção. O obscurial, presente desde o primeiro filme, está em busca de sua verdadeira identidade. E essa busca traz a reviravolta principal do filme, bem no final da trama, deixando aquela indagação aos fãs. Os Crimes de Grindelwald conversa de forma direta com a realidade vivenciada por Harry Potter e seus amigos anos depois, de uma forma mais sombria e complexa. Vale a pena assistir.

Confira aqui a programação do cinema!

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: