Correio do Bem

Vidas transformadas, geração de renda e expectativa de sucesso

Published

em

Quem nunca sonhou viajar para um lugar distante, comprar um carro, comer uma comida diferente ou até mesmo conhecer um grande ídolo? Sonhos que parecem impossíveis, mas que podem ser realizados. Há, também, quem sonhe em ter seu próprio negócio, começar com pequenos passos, uma ferramenta, uma máquina, linhas e barbantes. Sonhos que podem ser realizados com simples gestos como a ajuda de algumas pessoas, mas, muitas vezes são adiados, pois, diante das dificuldades, os problemas pessoais ficam em primeiro plano e quando se percebe o tempo passou e o sonho de conquistar um projeto, auxiliar na geração de renda, mesmo em casa, ficou para trás. 

Para contribuir com homens, mulheres, jovens, adultos e idosos que desejam realizar um ‘pequeno grande’ sonho para transformar a própria vida, o Correio Lageano lançou, no dia 1º de maio, o CL Correio do Bem, um projeto que visa a unir pessoas que precisam de apoio para conseguir gerar renda e aquelas que podem contribuir com a realização desse sonho. 

Roselina Rodrigueiro da Silva, de 44 anos, é só sorriso. O motivo é a conquista de um curso de auxiliar-administrativo que tanto almejava para poder se colocar no mercado de trabalho. Foi quando viu no Facebook a campanha do CL Correio do Bem, que a mulher decidiu se inscrever, contou sua história e o que precisava.

A matéria foi publicada no jornal impresso e divulgada nas mídias sociais do CL, no dia seguinte o Senac de Lages entrou em contato para presentear e motivar Roselina. “Já aprendi tanta coisa, montamos empresa para aprender como se faz o gerenciamento, além de criar novas amizades,” conta ela que ainda não conseguiu emprego, mas, mesmo assim, aproveita a oportunidade do curso. Roselina vai se inscrever no processo seletivo da Prefeitura de Lages, galgando a vaga de auxiliar-administrativo, pois já se sente segura para desempenhar a função. 

Quem também encontrou esperanças onde não conseguia mais enxergar luz, foi a moradora do condomínio Ponte Grande, no Bairro Várzea, em Lages, Vanessa das Graças dos Santos Rodrigues, de 36 anos, que inscreveu  sua história no site clmais.com.br/clcorreidobem. Ela pedia uma máquina de costura. Um doador anônimo, no dia seguinte à publicação da matéria no Correio Lageano, fez a doação da máquina. 

Com tantas encomendas, ela já conseguiu comprar mais uma máquina de costura. E, mesmo com as dificuldades dos problemas de saúde de seu marido, Ronsoli Correa Passos, de 50 anos, ela batalha para atender a todos os pedidos, já que conquistou uma boa clientela desde que sua história foi divulgada em junho deste ano. O sonho, agora, é montar um atelier para que possa fazer suas costuras em uma distância maior do esposo, já que ele não pode ter contato com poeira. “As linhas soltam fios, tenho medo que isso prejudique a saúde dele.” 

Disponibilidade para ajudar

O empresário e garçom José Wanderley Pereira fez o caminho inverso. Procurou o CL para propor um curso de garçons e garçonetes. Em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas, o Correio Lageano e a Universidade do Planalto Catarinense, o curso deve começar na quarta-feira (14), às 14 horas, na CDL, à Rua Coronel Córdova, no Centro de Lages.

Quem tiver interesse em participar do curso, deve estar presente na aula inaugural. Para receber o certificado, o aluno ou aluna, deve participar de todas as aulas e passar por uma avaliação. A motivação do empresário surgiu como forma de retribuir por toda sua trajetória. O curso será gratuito. 

CL Correio do Bem

O projeto quer ajudar a transformar pequenos negócios e profissões, auxiliar no sucesso profissional e acompanhar essas mudanças. O objetivo é unir pessoas que precisam de ajuda àquelas que podem oportunizar as transformações.

Para isso, o CL receberá cartas que podem ser deixadas em urnas espalhadas pela cidade ou cadastradas no site. Todas serão lidas, pois precisam se encaixar no regulamento. Se a sua história estiver com todos os dados preenchidos e cumprir o regulamento, aparecerá na aba de ‘Confira os pedidos’. Além disso, algumas das histórias serão publicadas em forma de matéria no jornal impresso.

Saiba onde estão as urnas do CL Correio do Bem

  • Ponto de Leitura na Praça do Terminal Urbano, no Centro de Lages
  • Setor Comercial do CL (Rua Coronel Córdova, Centro)
  • Supermercados Kloppel (Rua Silvino Duarte Jr, Popular)
  • Myatã (Av. Luís de Camões, Coral)
  • Martendal (Rua São Joaquim, Copacabana)
  • Hipermercado Big (Rua Getúlio Vargas, Conta Dinheiro)
  • Banco do Emprego (Rua Sebastião Furtado, Centro)

PEDIDOS AINDA NÃO ATENDIDOS

Ana Cristina Wiggers deseja uma máquina de fazer salgados e um curso de gastronomia. O filho dela, Ronald, foi quem escreveu a história da mãe no site do Correio do Bem.

 

Deise Maria Alves Inácio, de 48 anos, quer uma máquina digital de tricô. Este é o seu sonho pessoal e profissional. Aproveitando que a cidade está em uma das regiões mais frias de Santa Catarina, quer fazer tricô e vender de forma especializada às pessoas com deficiência. 

Ivanka de Oliveira, de 34 anos, desempregada, quer investir em seu próprio negócio. Seu maior sonho sempre foi ser mecânica, uma profissão, segundo ela, de valor e que requer muito preparo e dedicação.

 

 

Osvaldino Mauro Rodrigueiro tem 47 anos, com o curso de operador de empilhadeira ou equipamentos para a cozinha, Osvaldino acredita que a família pode recuperar a estabilidade financeira.

 

Rosa dos Santos Córdova tem 71 anos, é pensionista do INSS e passa por alguns apertos financeiros, mas, mesmo assim, não desanima. Tanto é que deseja se tornar empreendedora do ramo de artesanato. Por isso, precisa aprender mais técnicas de crochê.

 

Orlando Jorge Ferreira de Lima mora com seu filho e precisa de ajuda para sustentar os dois. Ele já uma máquina de churros, mas pede os ingredientes para produzir e vender o doce.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com