Geral

Serviços não param, geram emprego e movimentam a economia

Published

em

Operários trabalham na revitalização do Calçadão Túlio de Carvalho Foto: Adecir Morais

Enquanto alguns setores econômicos sofrem com a paralisação para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus, outros conseguem manter suas atividades normais, movimentando a economia e gerando empregos.

Em Lages, as obras públicas municipais não param em meio à crise da pandemia, graças ao empenho de autoridades, empresários e colaboradores.

As atividades foram retomadas, nas últimas semanas, após o período de quarentena. A ação foi feita seguindo as normas de distanciamento entre operários e o uso de EPIs.

A lista de obras públicas em andamento é Lages é extensa, contemplando várias vias. No Centro da cidade, operários trabalham na revitalização do Calçadão Fiúza Túlio de Carvalho, todos usando máscaras e tomando outros cuidados para evitar o contágio do vírus.

Perto dali, também está sendo executada a pavimentação asfáltica da Rua Coronel Serafim de Moura. O trabalho é executado por equipes de servidores lotados na Secretaria de Planejamento e Obras e o maquinário utilizado é da própria Prefeitura de Lages.

Os trabalhos da Avenida Ponte, uma das mais importantes obras estruturantes da cidade dos últimos anos, também continuam.

Atualmente, estão em andamento os serviços de saneamento básico. As ações estão concentradas no cruzamento da Avenida Presidente Vargas.

No total, o projeto Ponte Grande conta com investimentos de cerca de R$ 70 milhões, com recursos do Governo Federal e contrapartida do município. Além das obras de esgotamento sanitário, ele envolve outras ações, como pavimentações asfálticas.

Além disso, estão sendo executadas obras em trechos das ruas Humberto de Campos, Carlos Jofre do Amaral, Cirilo Vieira Ramos e a Martinho Nerbass.

No trecho da Humberto de Campos, entre os bairros Coral e Santa Maria, em uma extensão de 295 metros, entre o ponto de cruzamento com a avenida Camões e a confluência com a rua Campos Sales, o asfaltamento já foi concluído, faltando apenas a conclusão das calçadas, construídas em piso de concreto. As pinturas horizontais de trânsito já estão sendo feitas.

Na Rua Carlos Jofre do Amaral, no Centro, as equipes da Secretaria de Planejamento e Obras já fizeram a reperfilagem (nivelamento do leito da rua com primeira camada de asfalto), faltando a implantação da camada asfáltica.

Ali são 130 metros de extensão por oito metros de largura. E na Martinho Nerbass, também no Centro, são 140 metros de extensão por 10 metros de largura, sendo que já foi feita a reperfilagem, faltando apenas a camada de asfalto.

Outra obra em andamento, projetada e executada pela Prefeitura de Lages é a da Rua Cirilo Vieira Ramos, na qual estão sendo feitos serviços de terraplanagem, a partir do trecho que segue da Ponte do Caça e Tiro em direção ao centro da cidade.

Obras de drenagem e melhoramento das redes pluvial, de saneamento básico é de distribuição de água potável também fazem parte da primeira etapa das obras em execução.

“Vamos sair dessa encrenca da melhor maneira possível”, diz Ceron

O prefeito de Lages, Antonio Ceron, informou que existe um leque grande de obras públicas em andamento na cidade. “São obras em creches, unidades de saúde, além de pavimentação de ruas por meio do Finisa.

Elas têm uma grande importância para a nossa cidade, pois injetam dinheiro na economia, geram emprego e renda para as famílias, além de melhorarem a infraestrutura da cidade e a qualidade de vida dos lageanos”, destacou.

Além das obras públicas, Ceron ressaltou que outras atividades econômicas e empresariais estão em andamento na cidade, como a construção civil, que retomou os serviços após a quarentena.

“Só a construção civil emprega mais de 2 mil funcionários na cidade, também temos a Berneck, com cerca de 400 funcionários. Isso tudo é dinheiro entrando em nossa cidade e movimentando a economia que, felizmente, está se recuperando”, destacou.

Ao mesmo tempo que cita a importância da retomada das atividades econômicas do município, o prefeito alertou que a população não deve relaxar quanto aos cuidados para evitar o contágio do novo coronavírus, como lavar as mãos, usar máscara e álcool em gel.

Neste sentido, ele chamou a atenção que, a partir de segunda-feira (2), é obrigatório o uso de máscara em locais públicos e privados em Lages. A medida foi adotada via decreto nº: 17.970.

O prefeito reforçou que a medida foi adotada para preservar e assegurar a manutenção da saúde e segurança da população, que precisa deixar o isolamento social para desenvolver atividades essenciais ou adquirir bens de primeira necessidade.

“A gente gostaria que fossem menores, mas os números do coronavírus em Lages estão dentro da normalidade comparado a outras cidades. Deus está nos ajudando, com o trabalho dos médicos e demais equipes de saúde. Vamos sair dessa encrenca da melhor maneira possível”, finalizou.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com