Notícias

Rótula não resolve problemas com os pedestres

Published

em

Foto: Camila Paes

Já é um pedido antigo para que se construam calçadas nas ruas Heitor Villa-Lobos e Professor Simplício, que passam pelo Colégio Militar e pelo Instituto Federal de Santa Catarina, nos bairros São Pedro e São Francisco, em Lages. Crianças, adolescentes, jovens, idosos, precisam se espremer entre os carros para conseguir caminhar. A situação ficou um pouco mais difícil agora, que foi colocada uma rótula entre as ruas. Não há faixa de pedestres e o espaço para quem passa a pé por ali, diminuiu.

Entretanto, é uma opinião geral que para o trânsito de veículos a rótula se mostrou bastante eficiente. Mas quando o pedestre precisa passar, a situação complica. Se é necessário esperar o carro contornar a rótula, há pouco lugar para esperar. Os alunos do IFSC, Marina Svitzki, Aiesa Moraes Rosa, Markswell Dias e Daniele Nogueira ressaltam que esperam há tempo pelas calçadas. Os responsáveis pela instituição, avisaram aos alunos que as tratativas para a construção estão feitas e que a Prefeitura de Lages já se comprometeu a construí-las. 

O secretário de Planejamento e Obras, João Alberto Duarte, ressalta que as calçadas serão construídas. O projeto está sendo terminado, em parceria com IFSC e Órion Parque auxiliando na execução. Será preciso fazer um processo licitatório, mas que isso deve acontecer em breve. João Alberto ainda explica que ainda neste ano, esperam que as obras sejam iniciadas. 

O projeto prevê a construção de passeios públicos desde o Colégio Militar até a BR-282. O secretário acrescenta que entende a importância das calçadas e que a rótula foi uma forma de diminuir a ocorrência de acidentes de trânsito na região. 

 

clique para comentar

Deixe uma resposta