Essencial

O que é endometriose? 

Published

em

Foto: Freepik/Divulgação

Estima-se que uma a cada 10 mulheres, em idade reprodutiva, tenha endometriose, uma doença inflamatória que tem como característica a dor; dor durante o ato sexual, na menstruação, além disso, alto fluxo de menstruação, seguido ou não de alterações intestinais.

A doença consiste na presença de tecido endometrial fora do útero, como nos ovários, tubas, peritônio pélvico, ligamentos, podendo chegar à bexiga e ao intestino. Ainda que existam vários tratamentos, não se sabe sobre a causa e nem a cura.

O que poucas pessoas sabem é o poder de uma alimentação adequada no combate a este mal e alívio dos sintomas. Uma dieta balanceada, rica em minerais, vitaminas, retiradas de alimentos inflamatórios podem ajudar você que sofre disso.

Assim, enriquecer a alimentação com fontes de vitamina do complexo B, presentes em castanhas, ovos caipiras; aumentar vitamina C com frutas cítricas, brócolis, espinafre; combinar com alimentos anti inflamatórios e analgésicos, como chá de camomila, cebola, tomate, berinjela, morango, grão-de-bico, verduras e legumes de uma forma em geral, irá ajudar a reduzir os sintomas.

Além de que, retirar alimentos de origem animal é o pulo do gato neste combate, já que carnes vermelhas e brancas, leites e derivados, aumentam as inflamações. Sem contar que retirar glúten também é necessário.

Endometriose pode incomodar a sua vida neste momento, mas saiba que é possível controlá-la, aliviar os sintomas, engravidar em alguns casos, e ser feliz, pois todo ser humano merece e deve ser feliz. Para tratamentos alimentares devem-se buscar orientação com nutricionista especializado em endometriose. 

Fernanda Andrade, Nutricionista Funcional e Fitoterápica Materno-infantil  e Saúde da Mulher com endometriose CRN7821.

 

Sintomas da endometriose

A endometriose pode ser assintomática. Quando os sintomas aparecem, merecem destaque:

  • Cólica menstrual que, com a evolução da doença, aumenta de intensidade e pode impedir as mulheres de exercerem suas atividades habituais
  • Dispareunia: Dor durante as relações sexuais
  • Dor e sangramento intestinais e urinários durante a menstruação
  • Infertilidade

Fonte: drauziovarella.uol.com.br

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com