Essencial

Nova versão de O Homem Invisível está nos cinemas

Published

em

Foto: Divulgação

Em um 2020 repleto de reboots, remakes e continuações tardias, um clima de “vale a pena ver de novo” permeia a nova versão do filme ‘ O Homem Invisível’. Dirigido por Leigh Whannell, o longa estreou na última quinta-feira (27), em todos os cinemas do Brasil.

O filme foca em Cecilia (Elisabeth Moss), uma mulher que foge de um relacionamento abusivo com o cientista milionário Adrian (Oliver Jackson-Cohen), e lida com seus traumas até o dia em que o ex parece ter cometido suicídio.

Com o passar do tempo, Cecilia passa a testemunhar acontecimentos sinistros que a fazem suspeitar que ele não está morto, e trabalha para provar que está sendo caçada por alguém que ninguém pode ver.

‘O Homem Invisível’ não traz absolutamente nenhum vínculo com o passado a não ser pelo título do filme de 1933, um dos mais icônicos do elenco de “Monstros da Universal”, que por sua vez foi inspirado no conto clássico do emblemático autor britânico Herbert George Wells, conhecido como H. G. Wells.

Segunda a crítica de Pablo Miyazawa para o site Adoro Cinema, a direção do filme acha seu brilho no silêncio e faz o público prender a respiração com quadros simples de uma cadeira, uma porta ou qualquer elemento que faça o espectador imaginar o que poderia estar na filmagem do nada.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com