Conecte-se a nós

Esportes

Licitação das torres do Tio Vida não foi lançada

Published

em

Uma das torres caiu durante um temporal no ano passado - Foto: Adecir Morais

O edital de licitação de duas torres de iluminação pública do Estádio Vidal Ramos Júnior (Tio Vida), em Lages, ainda não foi lançado. Por conta disso, a estreia do Inter de Lages no Campeonato Catarinense da Série B, em casa, pode ficar prejudicada, isso porque, sem iluminação, obviamente o time não poderá jogar à noite. Na fase de classificação, o Colorado Lageano jogará quatro vezes à noite.

A estreia do Leão Baio no Estadual será diante do Concórdia, no dia 2 de junho, em Concórdia. Três dias depois, às 20h30, recebe, em casa, o Almirante Barroso de Itajaí. Ou seja, caso as torres não sejam instaladas até o dia 5, o time terá que alterar o horário do jogo, o que acarretará em prejuízos financeiros.

Uma das torres será instalada ao lado do pavilhão antigo, repondo a que caiu durante um vendaval no ano passado. Outra vai substituir a que fica do lado oposto, uma estrutura antiga que está se deteriorando, no mesmo pavilhão.

Seja como for, a partida do Inter contra o time de Itajaí terá de acontecer. Em outras palavras, caso o clube não possa jogar à noite, terá que alterar o horário do confronto. A solução seria mudar o jogo para a tarde, quando o torcedor está trabalhando, estudando ou cumprindo outro compromisso, e a partida  pode ter um número reduzido de torcedores.

O prazo para fazer uma licitação é de 30 a 90 dias, dessa forma, são remotas as chances de que as torres sejam instaladas antes da estreia do Inter. Para piorar a situação, em alguns casos, esse prazo pode se estender se houver recursos ou se não houver empresa interessada para participar do certame.

A Federação Catarinense de Futebol (FCF), que organiza o Estadual, reafirma que, sem iluminação, obviamente não pode haver jogos à noite, mas não inviabiliza a participação do time lageano na competição. Neste caso, o clube deve mudar o horário do jogo no prazo de 72 horas antes da partida, sem precisar do aval do adversário. Vale lembrar que a prefeitura não investe dinheiro no Inter, porém sempre forneceu estrutura para o time jogar. Como o clube não tem estádio para sediar os torneio, ele acaba usando o Tio Vida.

Prefeitura diz que obra é prioridade

Em nota de sua assessoria, a prefeitura informou que a instalação das torres é prioridade, e afirmou que o processo de licitação está na fase final para o lançamento do edital. “Os últimos ajustes técnicos e jurídicos estão sendo definidos para atender à lei 8666/1993, de licitações. Este zelo se deve para evitar que o processo não sofra atraso por recursos impetrados por participantes do certame”, declarou.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook