Conecte-se a nós

Esportes

Liberais-democratas defendem corte orçamentário no projeto Londres 2012

Published

em

Londres, 14/06/2010, (EFE)

O partido Liberal-Democrata do Reino Unido, em coalizão de Governo com o Conservador de David Cameron, opinou nesta segunda-feira que os preparativos para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 não podem ser "imunes" ao corte orçamentário anunciado pelo Executivo britânico.

 

"O Governo se comprometeu a entregar bem-sucedidas Olimpíadas em 2012, mas a preparação não pode ficar imune à necessidade de reduzir o déficit fiscal", disse hoje o parlamentar Lorde Shutt, da Câmara dos Lordes, em representação do Partido Liberal-Democrata.

 

Lorde Shutt se mostrou, no entanto, fiel ao compromisso de oferecer Jogos Olímpicos bem-sucedidos em 2012, o que acredita ser totalmente possível apesar do corte previsto para este ano no orçamento destinado aos preparativos do evento.

 

O Governo britânico anunciou no final de maio que a entidade responsável pelas obras dos Jogos de Londres 2012, a Olympic Delivery Authority (ODA), provavelmente teria de aplicar um corte de 32 milhões de euros no orçamento deste ano fiscal, o que será confirmado no próximo dia 22.

 

Os liberais-democratas abriram hoje, em reunião de revisão orçamentária, o debate sobre os preparativos para os Jogos de 2012. Eles indicaram que, até agora, a ODA havia "administrado os recursos muito bem" em um ambiente de dificuldades econômicas.

 

Além disso, os liberais-democratas lembraram que a construção do Parque Olímpico e das sedes esportivas se mantém "dentro do prazo e do orçamento" e que os cortes antecipados representam menos de 2% do orçamento total para o ano fiscal de 2010, que abrange no Reino Unido o período compreendido entre abril deste ano a março de 2011.

 

Até agora, estão concluídos 54% do programa da ODA. Espera-se que as obras do estádio principal fiquem prontas no primeiro semestre do ano que vem.

 

O plano de ajuste orçamentário para Londres 2012 faz parte de um pacote de redução geral para assuntos esportivos de 88 milhões de libras (105 milhões de euros), no qual se inclui também a economia em agências do Governo e a associação antidoping do país, entre outras.

 

Foto: (EFE)

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: