Conecte-se a nós

Negócios

Lages é destaque na abertura de novas empresas

Published

em

Foto: StartupStockPhotos/ Pixabay/ Divulgação

A abertura de novas empresas em Santa Catarina teve um pico no primeiro trimestre de 2019. Segundo a Junta Comercial do Estado (Jucesc), entre janeiro e março 34,8 mil novas empresas deram entrada no órgão, o que representa um crescimento de 30% em relação ao mesmo período de 2018 – o maior índice dos últimos três anos. A grande surpresa é que Lages figura no topo da lista ao lado de cidades polo da economia catarinense, como Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis e Joinville.

Segundo dados divulgados pela Jucesc, três destas cidades também se destacaram na média mensal para o surgimento de empresas no trimestre: Joinville, Blumenau e Lages, com 32%, 31% e 28% de novos negócios, respectivamente. A Junta destaca ainda outros dados positivos.

A exportação catarinense, por exemplo, cresceu 12,8% na passagem de fevereiro para março, registrando crescimento de 4,4% nos últimos 12 meses; e a economia do estado gerou 25,3 mil novos postos de trabalho em fevereiro, o que colocou Santa Catarina na terceira posição no país, em geração de empregos no mês.

Para o presidente da Jucesc, Juliano Chiodelli, estes números demonstram uma retomada econômica. “A gente percebe uma retomada no Brasil e, principalmente, em Santa Catarina, a crise que passamos está saindo rapidamente.

É possível ver isso em vários setores, até na arrecadação o Estado vem colecionando bons números, mês a mês. Tudo isso é reflexo do atual momento econômico e da situação política, que vêm gerando uma boa expectativa de sucesso e melhoria na economia”, avalia.

Outro dado divulgado pela Jucesc nesta semana, se refere ao Índice de Cidades Empreendedoras de 2017, que avaliou que as cidades de Blumenau e Joinville se destacam positivamente no quesito ambiente regulatório. O estudo apontou, ainda, que Lages também vem se destacando como cidade empreendedora, registrando o surgimento de novas startups e empresas.

Métricas

O levantamento realizado pela Jucesc apontou que alguns pequenos municípios catarinenses tiveram crescimento de até 70% no número de abertura de empresas. Apesar de ser importante para a população local e contribuir com a economia, esses números não chegam a ser expressivos no contexto estadual.

Por exemplo, um município que possui apenas 20 empresas e registra a abertura de outras 10, apresenta 50% de crescimento, apesar do número de empregos gerados e de valores movimentados ser pequeno. Desta forma, a Jucesc tomou como base para a avaliação cidades consideradas polos regionais, a exemplo de Lages.

 

Anúncio
1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Leia as notícias desta quinta-feira, 25 de abril - DDuwe Contabilidade

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook