Geral

Lages deverá imunizar mais de 113 mil pessoas na campanha nacional de vacinação contra a gripe

Published

em

Foto: Divulgação

Estamos oficialmente no outono e vivendo uma situação fora do normal no combate a uma pandemia de um novo vírus. Como mais uma ferramenta de prevenção e combate à influenza, a campanha nacional de vacinação contra a gripe foi antecipada neste ano em todo território nacional.

Em Lages, o calendário inicia-se hoje (23). Na primeira fase (23 de março a 15 de abril), o grupo prioritário são os idosos com 60 anos ou mais e os trabalhadores da área da Saúde.

A meta do município, segundo o Ministério da Saúde, é de imunizar 113.879 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários da campanha.

De acordo com a coordenadora de Imunização da Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal da Saúde, Juliana Barbosa Vieira, as salas de vacina nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e a Central de Vacinas, no Centro, estarão abertas para receber o público prioritário.

Estrutura para evitar aglomerações

Devido à pandemia do novo coronavírus, algumas medidas de segurança e prevenção foram adotadas pela Secretaria Municipal de Saúde.

Na Central de Vacinas, no Centro, será instalada uma tenda na parte externa do prédio para receber as pessoas do grupo prioritário.

A organização será feita para que não se registrem aglomerações de pessoas na espera pela imunização. Na ocasião, será mantida uma distância de segurança entre as pessoas do lado de fora e que aguardam o atendimento.

A entrada das pessoas no prédio da Central de Vacinas será restrita. Provavelmente, de duas em duas para evitar a aglomeração.

“Vamos organizar o processo com distribuição de senhas. Todos serão atendidos durante o período da campanha”, salienta a diretora de Vigilância em Saúde de Lages, Regina de Souza Oliveira Martins.

Nas Unidades Básicas de Saúde, o sistema de organização deverá ser semelhante. Não haverá aglomerações dentro das Unidades e as coordenações deverão orientar sobre a espera do lado de fora.

A Secretaria Municipal da Saúde sugere, ainda, que seja realizado um calendário por dia de vacinação, de acordo com a população de uma determinada microárea de cada Unidade Básica de Saúde, para evitar aglomerações.

O Dia D da Campanha de Vacinação será no dia 9 de maio (sábado).

Continuidade da Campanha

  • A partir do dia 16 de abril: O público-alvo será ampliado para professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e pacientes com doenças crônicas (hipertensão, diabetes, asma);
  • A partir do dia 9 de maio: Crianças de seis meses a menores de seis anos (incompletos), pessoas entre 55 e 60 anos incompletos, gestantes, puérperas e indígenas.

Por Ari Junior/PML

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com