Conecte-se a nós

Esportes

Lageanos avaliam participação na São Silvestre

Published

em

Jhonathan (dir); Katiuce e Daniel (esq) - Foto: Divulgação

O calor e a falta de um espaço para fazer alongamento foram alguns dos obstáculos enfrentados pelos atletas lageanos que participaram da Corrida de São Silvestre, no último dia 31, em São Paulo. De volta a Lages, os competidores comentaram sobre a prova, que atraiu cerca de 30 mil atletas de vários países.

Integrante da equipe de “Atletismo de Lages”, Daniel Farias Pinto, de 34 anos, participou da corrida pela terceira vez e concluiu a prova em 58 minutos. Ele, que correu no pelotão geral, lembra que teve de chegar cedo à Avenida Paulista, onde aconteceu a largada, para garantir um bom lugar. Por conta disso, enfrentou muitas dificuldades.

“Após três horas de espera sem condições de fazer alongamento e muito menos aquecimento, foi dada a largada, com sol forte e temperatura próxima dos 25°C. Tive muita dificuldade no primeiro quilômetro devido a essas adversidades e também pela quantidade de pessoas ocupando as ruas de São Paulo. O trajeto sempre foi muito desafiador, com subidas e descidas”, lembra.

Ainda assim, Daniel avalia como positiva sua participação na corrida. O tempo e o resultado oficial ainda não foram divulgados. “É sempre sensacional correr essa prova, pois por todo o percurso, o público te aplaude e te incentiva. E adentrando na Avenida Paulista, palavras não conseguem descrever tamanha sensação”, revela ele, que, agora, vai começar a se preparar para a Meia Maratona de Paris, na França, e de Nova York, nos Estados Unidos, nos dias 10 e 17 de março, respectivamente. “Essa é minha principal meta para 2019. Participar destas provas é meu projeto pessoal”, diz.

A colega de Daniel, Katiuce Mayara Fortunato, 26 anos, da equipe “Corre Lages”, também participou do evento. Ela fez a prova com o tempo de 1h30. “Ela teve um excelente resultado, iniciou no atletismo e corridas de rua no começo do ano passado, e essa foi sua primeira São Silvestre. Com a experiência dessa edição, ela já está ansiosa para se preparar para a próxima corrida, visando um melhor resultado”, diz Daniel.

Jhonathan Roberto da Silva, 38, diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), é outro lageano que participou da corrida. Ele participou do evento pela terceira vez e terminou a prova com o tempo de 1h15. “Cumpri a minha meta. A corrida foi top”, revela ele, que correu com a camisa do Inter de Lages.

Considerada a principal corrida de rua da América Latina, a São Silvestre reuniu cerca de 30 mil corredores. O trajeto da prova é desafiador, conta com subidas e descidas, o que exige muito do atleta. O percurso passa por alguns dos principais pontos turísticos da cidade de São Paulo, com largada na Avenida Paulista.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: