Névio Fernandes

João Pedro Arruda

Published

em

O meu focalizado de hoje foi um ilustre cidadão lageano e que relevantes serviços prestou à sua terra natal. Trata-se de João Pedro Arruda, que por sinal é homenageado com a denominação de uma avenida da cidade, que liga a Rua Mateus Junqueira à área Industrial e BR-116.

Ele integrou a comissão de recepção a Dom Daniel Hostin, que fora nomeado para a Diocese de Lages, em 18 de outubro de 1929. Em 1927, João Pedro Arruda foi nomeado para o cargo de primeiro substituto de superintendente municipal.

Em 1909 estudou no famoso Colégio Nossa Senhora da Conceição de São Leopoldo, RS, onde frequentaram igualmente ilustres lageanos. Fez em Porto Alegre o curso de engenharia civil. Foi o segundo lageano a ter este título.

Participou da União Republicana em Lages, nos anos de 1930, mas, com a derrota desta facção, ficou afastado das atividades políticas por algum tempo. João Pedro Arruda foi presidente do Clube 14 de Junho, de 1934 a 1936, e de 1941 a 1942.

Foi um grande praticante de tênis de campo, em 1922, e incentivou essa modalidade de esporte no Clube 14 de Junho nos anos seguintes. Como empresário, foi proprietário de uma fábrica de portas, janelas e esquadrias entre 1940 e 1945.

Por alguns anos foi engenheiro-chefe do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER/SC) em nosso município, onde teve notória atuação. Durante sua participação na administração estadual foi convidado a colaborar com diversos jornais de nosso município, já que possuía uma brilhante pena.

Concorreu três vezes em eleições para a Câmara Municipal de Lages, mas sempre ficou na suplência. Participou do diretório municipal da União Democrática Nacional (UDN) e, em 1956, foi presidente do partido em Lages. Concorreu ainda a uma cadeira na Assembleia Legislativa de Santa Catarina em 1954, mas não obteve êxito.

Ao longo dos anos, João Pedro Arruda foi um dos grandes pecuaristas em nosso município e incentivador da criação da famosa raça Flamenga, quando o seu gado obteve grandes vitórias nas exposições de Lages e de Esteio, no Rio Grande do Sul.

Por extensos anos, manteve uma chácara no início da avenida que leva o seu nome e sendo proprietário da quase totalidade da área, onde hoje está situado o populoso Bairro Santa Helena em nossa cidade.

Notabilizou-se como um grande conciliador em assuntos políticos solucionando algumas crises que ocorriam no seu partido, União Democrática Nacional.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com