Conecte-se a nós

Notícias

Iluminação da Villa-Lobos deve ser restabelecida

Published

em

Foto: Patrícia Vieira

A iluminação que foi danificada após queda de árvores em postes da rede elétrica na Rua Heitor Villa-Lobos, Bairro São Francisco, em Lages, deve ser restabelecida ainda hoje (quarta-feira). A Informação é do secretário interino de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Eroni Delfes Rodrigues.

Segundo ele, a rede está danificada há aproximadamente um mês, quando um poste foi derrubado e outros dois danificados durante corte de árvores no terreno localizado em frente ao Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

Delfes explica que a empresa responsável pela manutenção da iluminação pública, a Serrana  Engenharia, depende de alguns ajustes na fiação de baixa tensão da rede elétrica que precisam ser feitos pela Celesc.

Porém, as medidas já foram tomadas. “Já enviamos ofício para o órgão pedindo urgência e, assim que os reparos forem feitos, imediatamente a Serrana restabelecerá a iluminação naquele trecho”.

Segundo o engenheiro e gerente de operações técnicas da Celesc em Lages, Ricardo Furlanetto, as redes de alta e de baixa tensão foram danificadas com a queda da árvore, no entanto, foram realizados trabalhos emergenciais para recuperar a rede. A fiação de baixa tensão, que é da iluminação pública, seria arrumada na tarde de ontem.

Uma estudante de administração do IFSC e moradora do Bairro São Francisco, que preferiu não se identificar, comenta que a rua já é considerada perigosa para pedestres pelo fato de não ter acostamento e calçadas, e que a insegurança só aumenta com a falta da iluminação pública, principalmente no embarque e desembarque dos estudantes da instituição à noite. Segundo ela, três postes foram danificados pelo corte das árvores, um deles caiu.

Manutenção da iluminação pública

Para pedidos de prestação de serviços, tais como troca de lâmpadas, ou para reclamações ou sugestões, os moradores poderão ligar para os números 0800 648 0201 e 3222-8201, ou então através do aplicativo Cidade Iluminada, de celular ou tablet, através das plataformas Android e IOS.

Projeto para calçadas

Além disso, um assunto pertinente é a falta de passeios e acostamentos na rua, única via de acesso ao IFSC e também ao Órion Parque Tecnológico, onde muitos estudantes e moradores dos Bairros São Francisco e São Paulo passam. Os pedestres se sentem obrigados a caminhar pelo canto da pista.

Em alguns trechos da via, quando chove, poças de água se formam, o que dificulta ainda mais para pedestres. Os estudantes de Processos Químicos, Lucas Rodrigues Ribeiro,23, e Brenda Antunes, 22, contam que, com isso, precisam conviver com o “buzinaço” de alguns condutores.

“Muitas vezes, os motoristas de caminhão ou automóvel ficam buzinando para as pessoas que andam quase no meio da via, eles não entendem que é devido à falta de um passeio,” disse a estudante.

O secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, explica que a pasta continua trabalhando nos projetos que visam às melhorias na mobilidade urbana. Um projeto específico  para o passeio público dessa via está em andamento, para posteriormente buscar os recursos necessários para a obra. Bortoluzzi adianta que a calçada será construída a partir do Morro do Posto e seguirá até o São Francisco.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta