Conecte-se a nós

Essencial

Gente que vai e volta

Published

em

Foto: Divulgação

Para os fãs do gênero, comédia romântica, Gente que Vai e Volta é um dos filmes que possivelmente irá aparecer nas suas sugestões da Netflix. E diferente, dos últimos longas do gênero, a história está muito mais ligada a relações familiares do que ao “casal”.

Baseado na obra de Laura Norten, a história espanhola conta como Bea (Clara Lago), uma jovem arquiteta, com um futuro brilhante na cidade grande, que depois de uma decepção amorosa, retorna para sua pequena cidade natal. Lá ela, a mãe e os três irmãos dão o tom para o filme. Posso dizer que o clichê está presente no enredo, mas está longe de ser apenas isso.

Apaixonada por obras do gênero, consegui identificar pontos interessantes na produção. Paisagens bonitas e narrativa estimulante, que faz com que os eventos não se prolonguem, sem deixar de finalizar os acontecimentos.

Óbvio que temos um novo amor, mas também temos uma família com problemas (qual, não é?), um rompimento amoroso, dúvidas sobre a carreira, e vários pingos de reflexão pessoal. Está longe de ser um filme motivacional, mas vale sim, várias facetas de emoção e reflexão ao expectador.

Para quem acha que comédia romântica é só clichê, bem, Gente que Vai e Volta não está longe do tradicional, mas nos mostra além do romance, a importância das famílias, amigos e da mudança, que pode não ser a esperada, mas torna-se a melhor escolha.

Vale a pena conferir!

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta