Conecte-se a nós

Esportes

Velocross reunirá cerca de 150 pilotos

Published

em

Foto: Divulgação

Lages recebe, neste fim de semana, a  abertura da Supercopa Alto Vale e da Copa da Liga Catarinense de Motociclismo e Automobilismo (Limasc) de Velocross. O evento acontece neste sábado e domingo (9 e 10) na localidade de Pedras Brancas, reunindo pilotos de várias cidades de Santa Catarina e até de outros estados.

O evento marca o retorno da prova de Velocross em Lages. Com cerca de 1.200 metros, a pista palco das disputas está recebendo os últimos ajustes para receber as motos. Ela fica em um terreno na Pousada Refúgio do Lago, às margens da SC-114, entre Lages e Painel. De acordo com os organizadores, são esperados de 150 a 200 pilotos de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. São competidores de 19 categorias, dentre elas, a VX1, VX2 Especial e Nacional Força Livre, consideradas as mais fortes das disputas.

O evento começa às 14h de sábado, com os treinos livres. Mais tarde, às 16h, acontece a primeira bateria envolvendo pilotos das categorias Cidade Nacional e Cidade Especial. Às 8h de domingo começam os  treinos livres e, a partir das 10h, se iniciam as provas oficiais.

Faz duas semanas que os pilotos treinam na nova pista de velocross em Lages. Alguns pilotos e pilotos mirins já treinaram no local.

O lageano Ricardo Gargioni participará das disputas. Campeão estadual no ano passado, ele quer largar bem a temporada de 2019 em sua terra natal, para buscar mais um título. “Eu corro na categoria VX3 Nacional”, conta ele.

Gargioni já está deixando uma herança de valor emocional e de exemplo ao filho, o pequeno Davi Pitrak Gargioni, de apenas seis anos, já um corredor. Além de Gargioni, outra estrela lageana será Laís Nunes (Lalá), campeã da Copa Grande Floripa 2018 na categoria VXF, garota hoje com 14 anos considerada o Ayrton Senna do velocross feminino catarinense e uma das poucas mulheres na competição em meio a tantos homens.

Estrutura

A prefeitura de Lages apoia o evento, através da Diretoria de Turismo (Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo), e secretarias de Serviços Públicos e Meio Ambiente e da Agricultura e Pesca.  Conforme o prefeito Antonio Ceron, “eventos como este, deste porte e à espera de um número expressivo de espectadores, deve movimentar o calendário de esporte, turismo e lazer e comprova que Lages tem sim estrutura para suportar uma disputa desta magnitude com nomes tão famosos no cenário”, analisa.

Expectativa é receber 5 mil pessoas

O presidente da Liga Catarinense de Motociclismo e Automobilismo, Mauro Cesar de Souza diz que a organização espera cerca de 5 mil pessoas. O ingresso custa R$ 10, sendo que a pulseira é válida para os dois dias. Dentre os atrativos, o visitante poderá se alimentar nos food trucks que serão instalados no local e andar pelos boxes para interagir com os pilotos.

A corrida marcará a abertura do calendário de eventos de velocidade em Lages. Ao todo, o setor de automotores já tem agendado, para este ano, oito provas, dentre elas, o Campeonato Catarinense de Arrancada na Terra, previsto para a primeira semana da Festa do Pinhão. A competição vai acontecer pela primeira vez em Lages.

Atualmente, Lages conta com duas pistas de terra em circuito. Além da de Velocross, possui a pista Pedras Brancas com 1.600 metros para provas de carros, também utilizada para disputas por motos, carros e caminhões com uma reta de 700 metros.

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: