Variedades

‘Terras’ retrata moradores da tríplice fronteira

Published

em

Cena de 'Terras' - Foto: MayaDarin/Divulgação

O documentário ‘Terras’, da diretora Maya Da-Rin, retrata a fronteira tríplice entre Brasil, Colômbia e Peru. As cidades gêmeas, a colombiana Letícia e a brasileira Tabatinga, formam uma ilha urbana cercada pela imensa floresta amazônica. O longa será exibido no Centro Cultural Vidal Ramos, neste sábado, a partir das 19h. A exibição faz parte do projeto Cinesesc.

Nesta sexta-feira (3), às 19h, será exibido ‘Terra Vermelha’, do diretor  Marco Bechis, que conta a história de um grupo de índios vive em uma fazenda trabalhando como escravos e ganham alguns trocados para posarem como atração turística. Eles decidem reivindicar suas terras e de seus ancestrais, começando um grande conflito com os fazendeiros. 

Terras

O primeiro longa-metragem da diretora dialoga sobre as fronteiras entre Brasil, retrata as delimitações territoriais, muitas vezes encobertas pela densa vegetação e as fronteiras se confundem nos rostos de seus moradores. Terras acompanha o ritmo deste lugar de encontro e passagem, aproximando-se do cotidiano de seus habitantes.

O espaço de indefinição, refletido no modo de viver das pessoas que ali habitam é o que pretende o filme de maneiras diversas, utilizando-se até de formas artísticas e abstratas. O filme conquistou diversos prêmios, como, Las Cámaras de la Diversidad, 25º Festival Internacional de Cine de Guadalajara, no México; Melhor Filme, segundo o Júri ABVC; Prêmio Especial do Júri, no 6º Panorama Internacional Coisa de Cinema, no Brasil, além do troféu Melhor Filme “Caríssima Liberdade”, na 9ª Mostra do Filme Livre.

 

 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com