Esportes

Surto do coronavírus forçou F1 a suspender GP da Austrália

Published

em

Max Verstappen venceu o grande prêmio da Austrália em 2019 Foto: Joe Klamar / AFP / Divulgação

Em função da pandemia de coronavírus, a Fórmula 1 suspenderá o GP da Austrália de 2020. A decisão veio depois que a McLaren desistiu de participar do evento em Melbourne, após um de seus membros testar positivo para o Covid-19. O Motorsport.com apurou que a maioria das equipes disse, em reunião já na madrugada australiana, estar descontente em continuar com o evento, que abriria a temporada deste ano.

Fontes indicam que o órgão afirmou que aceitaria uma decisão majoritária das equipes, de modo que agora passaria a suspender o evento. Até a tarde de ontem, ainda não havia confirmação oficial da decisão, mas entende-se que uma declaração conjunta seria feita pela F1 e pela FIA.

Oito pessoas da F1 foram testadas com o Covid-19 desde a chegada da F1 a Melbourne, com sete sendo negativos. Lewis Hamilton foi sincero em suas críticas à decisão de realizar o evento, admitindo que estava “chocado” pela viagem da F1 para a Austrália.

Esta é a segunda ocasião em que o coronavírus mexe no calendário da F1. O GP da China foi adiado no mês passado pelo mesmo motivo, sem data ainda para ser realizado. Outras categorias, como a MotoGP, WEC, Fórmula E, Nascar já adiaram provas.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com