Conecte-se a nós

Entretenimento

Shrek devora bilheteria nos EUA

Published

em

Los Angeles (EUA), 24 de maio de 2010 (EFE).- A última das aventuras do ogro verde Shrek estreou com apetite voraz nos cinemas americanos e abocanhou a bilheteria dos Estados Unidos no fim de semana de estreia, com muita vantagem sobre "Homem de Ferro 2" e "Robin Hood", informou nesta segunda-feira o site "Box Office Mojo".
"Shrek Para Sempre" arrecadou mais de US$ 71 milhões e derrubou a sequência de "Homem de Ferro", o até então filme mais visto no país desde 7 de maio.
O bom resultado de Shrek, no entanto, ficou longe de superar arenda obtida pelos antecessores "Shrek 2" (2004) e "Shrek Terceiro" (2007), que no fim de semana de estreia arrecadaram US$ 108 milhões e US$ 121 milhões, respectivamente.
"Homem de Ferro 2" ainda conseguiu manter parte de sua força e atingiu US$ 26,6 milhões entre sexta-feira e domingo, enquanto "Robin Hood" somou US$ 18,7 milhões.
Abaixo do pódio dos três heróis, se situou o drama romântico "Cartas para Julieta", que obteve US$ 9,1 milhões, mais que o dobro dos US$ 4,2 milhões do romance "Just Wright".
Mas pouco sucesso teve a estreia da anunciada "MacGruber", uma aposta de ação e humor sobre um ex-agente secreto que volta à ativa para acabar com seu arqui-inimigo quando este põe em perigo a segurança dos americanos. O filme chegou em cartaz com a discreta arrecadação de US$ 4,1 milhões.
A comédia "Uma Noite Fora de Série" faturou US$ 2,8 milhões, enquanto o remake de terror "A Hora do Pesadelo" obteve US$ 2,2 milhões. Já animação "Como Treinar Seu Dragão" conseguiu US$ 1,8 milhões.
A exótica proposta de "Kites", produção estreada na sexta-feira, que combina a ação de Hollywood com a plasticidade de Bollywood, pôde ser vista em pouco mais de 200 salas do país, arrecadando pouco mais de US$ 1 milhão.
 

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais