Geral

Semasa pede para que população de Lages economize água

Published

em

A água baixou no alagado do Salto Caveiras, onde apareceram bancos de areia / Fotos: Anderson Benthien / Divulgação

Estar em casa no período de isolamento social para evitar o contágio do novo coronavírus pode resultar num maior consumo de água, isso porque, as medidas de higiene precisam ser reforçadas. Consequentemente, o consumo de água em Santa Catarina ficou acima do normal na última semana. Além disso, a situação de estiagem persiste em várias regiões do Estado. 

O Rio Caveiras, em Lages, está abaixo do nível. Ele é responsável pelo fornecimento de água para a Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa), a qual faz a distribuição para a cidade. 

Conforme o secretário da Semasa, Jurandi Agustini, o Rio Caveiras ainda está suprindo a demanda da cidade. “Nosso rio baixou muito. O que ameniza a situação  é que tem chovido nas regiões onde o rio nasce, em Urupema e Urubici. E isso dá uma melhorada na situação. Temos três bombas de abastecimento, mas estamos trabalhando só com uma, porque os reservatórios estão cheios”, comenta. 

Na noite desta segunda-feira (23), o Governo do Estado prorrogou por mais sete dias o decreto de Emergência em Santa Catarina, ou seja, a orientação de isolamento social continua devido à pandemia do novo coronavírus. Esta é uma forma de prevenção ao avanço desta doença. 

Com esta medida, muitas famílias estão em suas casas realizando diversas atividades, e em várias delas a água está inclusa. Mas a situação precisa ser encarada com muita responsabilidade e seriedade por todos. Assim, a Semasa divulgou nesta terça-feira (24), em suas redes sociais, uma aviso para o uso racional da água durante a quarentena.  “A orientação para a população é que não desperdice água, não lave carro, não lave calçadas e controle a abertura das torneiras quando as pessoas forem lavar as mãos ou a louça!”, consta em um trecho da divulgação. 

 

Previsão é de pouca chuva 

 

A Prefeitura de Lages, por meio da Defesa Civil Municipal, tendo em vista o alerta da Defesa Civil Estadual, de que nos próximos meses haverá pouca chuva, e diante da situação real de estiagem prolongada e os rios da região com níveis baixos, solicita à população que economize água na cidade.

“A Defesa Civil Municipal e a Semasa estão monitorando toda essa situação, em especial o nível de água dos rios. A situação é emergencial e esperamos que todos se conscientizem para o problema da escassez. Economizar água neste momento é fundamental e necessário”, alerta o prefeito Antonio Ceron.

Jurandi afirma que é preciso economizar, “Por enquanto não temos problema de falta da água hoje, mas isso não quer dizer que o povo possa gastar de forma exagerada” ressalta 

 

Deficit de chuva superou os 100 mm no mês de março

 

A Epagri/Ciram, que é um centro de recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina, esclarece que a previsão do tempo durante a quarentena é sem possibilidade de chuva. Uma massa de ar seco e quente predomina em Santa Catarina em grande parte dos dias, inibindo a formação de chuva e ocasionando umidade do ar muito baixa com temperatura elevada. Essa condição de tempo segue nos próximos dias. Por isso, é importante o uso consciente da água no Estado.

Há um indicativo de mudança do tempo no início de abril, quando a passagem de uma frente fria pode trazer chuva mais significativa para SC.

O mês de março vai chegando ao final com chuva abaixo da média em Santa Catarina (SC) e anomalias negativas de mais de 100 mm. Até o momento, no Oeste e parte do Meio-Oeste do Estado, os baixos volumes de chuva resultaram em anomalias negativas entre -100 mm e -150 mm. Nas áreas do centro ao litoral, essas anomalias negativas ficaram entre -150 mm e -200 mm.

Na maior parte das regiões, o total de chuva registrada foi inferior a 50 mm. Em uma extensa área entre o Planalto Norte e Planalto Sul, incluindo o Alto Vale, o total de chuva foi ainda menor, abaixo de 25 mm. Os maiores totais de precipitação, acima de 75 mm, ficaram restritos à região nordeste do Estado, em Joinville e áreas vizinhas.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com