Conecte-se a nós

Esportes

Sem uma perna e parte do pulmão, brasileiro participa do Ironman

Published

em

Foto: Reprodução/Instagram Alberto Rezak

Aos oito anos, após uma queda, Fábio Rigueira descobriu um câncer no fêmur que o fez perder sua perna esquerda. Três anos depois, um tumor no pulmão direito, em fase de metástase, fez com que ele perdesse parte dos pulmões. Hoje, aos 46 anos, sem uma perna e parte do pulmão, ele se tornou um triatleta e participará pela segunda vez do Ironman no domingo (26), em Florianópolis.

“Como sempre digo às pessoas que perguntam sobre o que me aconteceu, ‘uma queda me levantou’. Pois é, antes da queda parecia que eu estava saudável. E, por causa dela, a doença foi descoberta”, conta Fábio em seu perfil no Instagram.

Campeão baiano e vice-campeão brasileiro de triathlon, Fábio foi o primeiro brasileiro a completar o Ironman Full com muletas. Na ocasião, foram mais de 42 km com muletas, além de aproximadamente 4 km de nado e 180 km de pedalada.

Para que sua participação o Ironman fosse possível, foi feita uma campanha no site Catarse para arrecadação de fundos: Um Saci com um Sonho Transformador. Com sua participação na prova, Fábio quer dividir a sua história com mais pessoas e mostrar a importância do esporte em sua vida.

“É o que eu tenho feito, compartilhado minha experiência, a minha história, o meu dia a dia. Não é pesado, muito pelo contrário, sinto alegria, principalmente porque algumas pessoas são tocadas, percebo pelas mensagens que recebo diariamente. Com o incentivo de vocês me sinto mais fortalecido e disposto”, escreveu o corredor em outra postagem.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta