Geral

Rio Carahá se mantém acima do nível, mas não transborda  

Published

em

Fotos: Defesa Civil/Divulgação

Lages amanheceu em cautela por decorrência das chuvas torrenciais, volumosas e contínuas de quinta-feira (30). Dados levantados pela Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) dão conta de que nas últimas 12 horas o acumulado pluviométrico foi de 54,8 milímetros (até 14h) e nas últimas seis horas foram 29 milímetros. O vento chegou ao máximo de 46 quilômetros por hora.

A preocupação é com a rápida elevação do nível das águas do Rio Carahá, contudo, não houve extravasamento em nenhum ponto da cidade percorrido pelo rio, sem sair da caixa. O máximo da elevação do nível do Carahá foram 2,91 metros, segundo medição da régua localizada na ponte de acesso ao Bairro Caça e Tiro, entre as ruas Cirilo Vieira Ramos e a avenida Belizário Ramos. Com as chuvas da semana passada o rio chegou a 2,94 metros de altura.

Baixou, mas ainda estava meio metro acima do normal até esta quarta-feira (29 de maio).  O extravasamento e invasão das ruas acontece a partir de quatro metros no ponto do Bairro Caça e Tiro. No ponto em frente ao Fórum Nereu Ramos são necessários 3,5 metros de altura para transbordamento. A Defesa Civil permanece com seus trabalhos de monitoramento de pontos críticos, a exemplo do Morro Grande e Sagrado Coração de Jesus.

As ocorrências de alagamentos atendidas nesta quinta foram originadas de obstrução de tubulação: Ruas Teresinha Arruda Michelon (Bairro Bom Jesus), Protásio Campos (Restinga Seca), Aristides Muniz Vieira (Vila Nova), Adolfo Rodrigues (Penha) e Ovaia (loteamento Caroba). Somente inundação de vias, nenhuma residência foi atingida. Portanto, sem vítimas, feridos, desalojamentos ou desabrigos. Uma queda de muro foi atendida na rua Alziro Zarur (Bairro Promorar) e deslizamento de terra na rua Osvaldo Muniz (Santa Helena).

A prefeitura de Lages, através da Defesa Civil, tem executado constantes limpezas de córrego em distintos bairros de várias partes da cidade, com a finalidade de prevenir enchentes. A contribuição da comunidade é essencial para evitar problemas coletivos:Não descartar lixo em córregos, rios e em bueiros e bocas de lobo.

A chuva persiste ao longo desta quinta-feira, deve diminuir nesta sexta-feira (31 de maio) e no sábado (1º de junho) também deve chover. A probabilidade de chuva está em 90% para Lages na sexta e de 30% para sábado. Para domingo (2) a probabilidade de chover é de 73%.

Para receber mensagens de alerta da Defesa Civil basta enviar o número do CEP para 40199. Nas situações de urgência e emergência para atendimento, os cidadãos  podem telefonar para 199 ou 98406-4037, com funcionamento todos os dias da semana, incluindo feriados, 24 horas por dia, ou 3221-1077, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mecanismos de averiguação imediata

Informações são geradas pela plataforma da estação hidrológica situada junto à ponte de acesso aos bairros Caça e Tiro e Bom Jesus, pela qual são coletados dados de nível do rio Carahá, a partir também de monitoramento por imagens pelo mapa interativo do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

O monitoramento da situação em tempo real é realizado ainda por três pluviômetros automáticos, instalados no rio Carahá, Bairro São Sebastião e Bairro Coral. Em uma fazenda no município de Painel existe um semiautomático, aparelho gerador de dados coletados periodicamente in loco por estudantes do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Monitoramento no Estado

A Defesa Civil do Estado informa o aviso de chuva intensa com risco de temporais isolados, raios e granizo com alerta desde a meia-noite desta quinta até às 23h59min de sábado (1º), valendo para praticamente Santa Catarina inteira: Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul, Litoral Sul, Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

A previsão é de chuva persistente, moderada a forte em alguns momentos, com acumulados elevados. Total de 50 a 80 milímetros acumulados para o Estado como previsão. A atenção é especial para as regiões do Vale do Itajaí e Planalto Norte nesta sexta e sábado. A média é de 40 a 70 milímetros em todas as regiões nestes dois dias.

Fonte: Prefeitura de Lages

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com