Serra S.A.

R$ 26 bilhões já foram liberados

Published

em

Ricardo Uliana estava na fila com sua filha Ketilyn e a esposa Irineia / Jordana Boscato

Depois da reabertura das agências bancárias, as filas se tornaram comuns, principalmente para se ter acesso às agências da Caixa Econômica de Lages, são três. Mas, na quinta-feira, véspera de feriado tomaram proporções impensáveis para outras épocas. Fruto da soma de três fatores, quadro de funcionários reduzido, horário de funcionamento encurtado e liberação  

Isso que a Caixa está liberando os recursos de forma escalonada, de acordo com a data de nascimento do beneficiado. O objetivo da liberação aos poucos é reduzir o número de pessoas nas agências e lotéricas e, assim, evitar aglomerações.

Os recursos creditados na poupança digital já podiam ser utilizados por meio do aplicativo Caixa Tem para pagamentos e transferências, entre outros serviços. Quem indicou conta bancária anterior ou recebeu os R$ 600 em substituição ao Bolsa Família não tem restrição para saque.

Dada as devidas explicações é bom enfatizar que esse auxílio do Governo Federal já derramou mais de R$ 26 bilhões na economia do Brasil. Não foram divulgados dados regionais para sabermos quantas pessoas foram beneficiadas em Lages ou na Serra Catarinense, mas conhecendo a realidade da região, é certo que são milhares. 

Na quinta-feira, as jornalistas do CL, Marcela Ramos e Jordana Boscato conversaram com uma dessa famílias. Ricardo Uliana, morador do Bairro São Francisco, em Lages acredita que o dinheiro vai auxiliar muito a manutenção da família. 

Certamente são recursos que serão empregados em necessidades básicas como alimentação e vestuário. Oportunidade também para os comerciantes recuperem parte dos prejuízos causados pela quarentena. 

 

Positivo_ É fato que muitas empresas fecharam e milhares foram demitidos nos últimos dias. Mas não posso deixar de mensurar as iniciativas positivas no Comércio. Basta caminhar um pouco no Centro de Lages para perceber empreendimentos quase prontos para abrir. Isso comprova que apesar das dificuldades os empreendedores não se dão por vencido, acreditam em seus sonhos.

 

Novidade_ Uma das poucas datas de Comércio fechado era o Dia do Trabalhador. Era, porque depois de quase um mês com as portas cerradas os feriados se tornaram dias comuns. Em nota, o Angeloni informou que, com exceção de sua loja em Tubarão, as demais abrem normalmente neste feriado.  O Angeloni lembra ainda que, por determinação dos órgão oficiais e para proteção de todos, os clientes devem obrigatoriamente usar máscaras.

 

Bancos e bancários_ Nenhuma modificação prevista nas medidas provisórias 927/2020 e 936/2020 — que permitem a flexibilização das leis trabalhistas, incluindo alteração de jornada, férias e outros direitos, durante a pandemia do coronavírus — poderá ser feita pelos bancos sem negociação prévia com a representação sindical dos empregados. Este é o compromisso firmando entre os bancos, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e o Comando Nacional dos Bancários, informa nota do sindicato. 

 

Tem data_ O auxílio emergencial de R$ 600 e a compensação para trabalhadores com contratos suspensos ou reduzidos pagos por meio de contas digitais da Caixa Econômica Federal voltarão ao governo, se não forem sacados em 90 dias. O retorno automático ao Tesouro Nacional consta das regulamentações dos dois benefícios publicadas neste mês pelo Ministério da Economia.

Tem data 2_ Segundo o Ministério da Economia, o beneficiário poderá retirar o dinheiro mesmo depois de os recursos voltarem ao Tesouro Nacional. De acordo com a pasta, as leis que instituíram o auxílio emergencial de R$ 600 e o benefício emergencial (BEM) garantem o direito ao recebimento de quem teve o cadastro aprovado, dispensando a necessidade de uma nova regulamentação. O retorno automático aos cofres do governo vale apenas para os benefícios depositados nas contas poupança digital da Caixa. Recebe por essa modalidade quem não tem conta em banco ou quem tiver optado por esse canal na hora de pedir o dinheiro.

 

Há vagas_ O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) autorizou a criação de uma plataforma digital para intermediar, por tempo determinado, a contratação de profissionais para atuar nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus no país. A Resolução nº 860/2020 foi publicada no Diário Oficial da União. De acordo com o documento, o desenvolvimento e a manutenção da nova ferramenta do Sistema Nacional de Emprego (Sine) serão realizados por meio de doação sem ônus ou encargos ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

 

Melhor que 2019_ A taxa de desemprego no país ficou em 12,2% no primeiro trimestre deste ano. Houve alta em relação à taxa do último trimestre de 2019 (11%), mas queda se comparada ao primeiro trimestre daquele ano (12,7%). Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD Contínua), divulgada hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa agora fica com segundo trimestre, que terá forte impacto da pandemia. 

 

São Pessoas_ A população desocupada chegou a 12,9 milhões de pessoas, um aumento de 10,5% (1,2 milhão de pessoas a mais) em relação ao último trimestre de 2019. Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, no entanto, o contingente caiu 4% (ou 537 mil pessoas a menos). Já a população ocupada ficou em 92,2 milhões de pessoas, uma queda de 2,5% em relação ao trimestre anterior (2,3 milhões pessoas a menos), apesar de ter permanecido estável em relação ao mesmo trimestre de 2019.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com