Notícias

Primeira botoeira já está em funcionamento na esquina das ruas Frei Rogério e Nereu Ramos

Published

em

Foto: Vitória Bittencourt/ PML/ Divulgação

Já foi testada e está em funcionamento a primeira botoeira da área central de Lages. Implantada junto ao poste do semáforo para pedestres, no cruzamento entre as ruas Frei Rogério e Nereu Ramos, Centro, teve a instalação concluída na manhã de quinta-feira (14), lançada por pedestres com deficiência visual, acompanhados por auxiliares da Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano (Adevips), com a presença do prefeito Antonio Ceron.

A empresa terceirizada pela prefeitura para executar este serviço, Newtesc (de Curitiba), está realizando alguns ajustes, como em focos e controladores, e é a mesma responsável pelo serviço de sincronização dos semáforos em Lages, em que seu controle é feito por uma central de operações, e a interligação do sistema se dará por fibra ótica.

As outras duas botoeiras foram colocadas ainda na quinta e na sexta (15), nos cruzamentos entre as ruas Quintino Bocaiúva e Nereu Ramos (em frente ao Terminal Urbano) e Lauro Müller e Frei Gabriel (atrás da Catedral Diocesana).

Este trabalho está sendo viabilizado pela Secretaria de Planejamento e Obras. “Lages é uma cidade com uma frota de 111,7 mil veículos e a realidade de um município contemporâneo muda diante das suas novas necessidades. Nossos estudos técnicos apontam modificações que devem ajudar aos motoristas e pedestres essencialmente nos horários em que o trânsito mais precisa de melhor fluidez. Aos poucos, gradativamente, a população vai sendo beneficiada se sentindo os efeitos das melhorias”, analisa o secretário Claiton Bortoluzzi.

O que é botoeira?

A botoeira é um aparelho de contagem de tempo exclusivamente para a travessia de pedestres e tem a função de avisar o controlador que existe a demanda da travessia, ou seja, quando não acionada, não vai fechar o semáforo desnecessariamente.

É acionada por contato seco, dando o pulso de informação ao controlador. Compreende um semáforo que, ao ser acionado, registra em sua programação o pedido de travessia e, desta forma, fecha o sinal, parando temporariamente o trânsito.

O pedestre deverá então apertar o botão verde somente uma vez e aguardar. O usuário mantém o botão pressionado por cinco segundos e, após este período, a botoeira emitirá um BIP sonoro, que é a indicação do acionamento do recurso.

Quando surgir o desenho do boneco verde no visor do outro lado da rua o pedestre já pode atravessar de uma calçada a outra sem receio. Em Lages, como se trata de um mecanismo de auxílio a deficientes visuais, é dotado da emissão de sinal sonoro, um BIP sequencial que diminuirá os intervalos conforme o tempo vai se esgotando. O aparelho possui, ainda, os recursos de vibração e placa de instrução em braile para sua localização acima da botoeira.

Fonte: Prefeitura de Lages

clique para comentar

Deixe uma resposta