Segurança

Polícia Militar comemora quase dois séculos protegendo a população

Published

em

Em uma das ações comemorativas, policiais doaram sangue Foto: PM / Divulgação

Para o comandante-geral da Polícia MIlitar de Santa Catarina, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, a corporação tem muito a comemorar os 185 anos que completou nesta terça-feira (5), mesmo num momento tão difícil para a sociedade catarinense, que é a pandemia causada pela Covid-19.

“Será certamente um aniversário diferente. Um momento reflexivo, mas que devemos também valorizar pelo trabalho que a PMSC está realizando no combate à propagação do coronavírus e continuando na linha de frente nas operações contra o crime organizado, no atendimento à população e na garantia da segurança do cidadão catarinense”, completou.

Para o comando, a instituição evolui ano após ano, cada vez mais presente na vida dos catarinenses. Pautada na técnica e na inovação, hoje em dia, é uma instituição conectada com suas causas e com seus desafios. Por meio de suas ferramentas de gestão e recursos tecnológicos, a PMSC se aperfeiçoa constantemente.

História da corporação

Criada por Feliciano Nunes Pires, então presidente da Província de Santa Catarina, por meio da Lei Provincial Nº 12, de 5 de Maio de 1835, a “Força Policial” substituiu os ineficazes Corpos de Guardas Municipais Voluntários, que tinham como missão manter a ordem e a tranquilidade pública, além de atender as eventuais requisições de autoridades judiciárias e policiais.

“Dias melhores virão”

O subcomandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, em Lages, tenente-coronel PM Frederick Rambusch, reconhece que essa data é muito significativa, porque ela consolida uma corporação que ultrapassou mais de um século em defesa do cidadão catarinense.

Reiterou que o momento é crítico, agradece a confiança do cidadão na Polícia Militar e acredita em dias melhores. “De forma atípica e sem nenhum precedente similar, a corporação enfrenta hoje uma pandemia que fragiliza a ordem pública de toda a comunidade. E nesse caso, a Serra Catarinense também está envolvida no processo. Diante disso, certamente é um momento peculiar e, haja visto, todo esse cenário agradeço a confiança do cidadão. Estamos certos que o propósito é único de manter a ordem pública”, afirma. 

6° Batalhão de Lages

Dentre as várias unidades da Polícia Militar está incluído o 6º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Lages. Criado em 1982, abrange 21 municípios da Serra Catarinense, indo de Celso Ramos a Alfredo Wagner. 

Festa sem formatura militar 

O Coronel PM Zelindro Ismael Farias, comandante da 2ª Região de Polícia Militar de Lages lamentou não poder realizar a sua tradicional formatura com entrega de condecorações, homenagens e promoções de oficiais e praças, por causa da pandemia. 

Segundo ele, nada tirou o brilho da instituição que construiu uma bela história com muito amor e suor. “Esse momento deve ser lembrado na história de todos aqueles que aqui estão vivenciando. Mostra o quanto é importante o papel do policial militar, desde o soldado mais moderno até o coronel mais antigo da corporação. Somos todos servidores e estamos sempre presente e protegendo”, salienta. 

                                                                                                                                 Foto: PM / Divulgação

Ações da Polícia Ambiental fizeram parte das comemorações 

Neste ano em que a Polícia Militar Ambiental completa 30 anos, a comemoração dos 185 anos da PM mereceu programação diferenciada.

O Comando de Policiamento Militar Ambiental (CPMA), desenvolveu uma série de ações ambientais, sociais e operacionais. Na ocasião aproveitou para  apresentar o novo fardamento da PMA/SC.

Em todo o estado várias ações foram desenvolvidas pelas unidades da PMA: plantio de 30 árvores, doação de alimentos, soltura de animais, operações de fiscalização ambiental e doação de sangue.

Na 1ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental no Bairro Universitário foram plantadas 30 mudas de árvores frutíferas da região dentro do quartel. Houve soltura de oito aves tratadas em parceria com a Udesc ou que haviam sido apreendidas recentemente.

No Centro de Referência de Assistência Social de Lages (CRAS) do Bairro Popular, instituição que atende famílias de outros dois bairros vizinhos, os  policiais doaram mais de uma tonelada de alimentos arrecadados nesta última semana, via doações dos policiais, familiares, amigos, protetores ambientais e empresas parceiras. 52 famílias foram beneficiadas.

Um grupo de policiais militares ambientais voluntários doaram sangue no Hemosc de Lages. Eles encerraram as ações do dia com operação de combate à caça ilegal desenvolvendo barreiras policiais nas estradas do interior de São José do Cerrito e Capão Alto.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com