Geral

Operação Veraneio terá 81 dias

Published

em

Foto: Maurício Vieira/ Secom

As estratégias e ações para garantir a segurança, além de serviços aos catarinenses e turistas durante a estação mais movimentada do ano, foram apresentadas na quarta-feira (21), durante o
pré-lançamento da Operação Veraneio 2018/2019.

Comumente, militares de Lages são convocados para trabalhar no Litoral nesta época do ano, mas segundo o comando do 6º Batalhão de Polícia Militar, o comando estadual ainda não fez solicitação, por essa razão, não sabe quantos e nem quando viajam.

No 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros, 18 militares lotados em Lages, São Joaquim e Rio do Sul devem se juntar ao grupo no Litoral. “É a operação mais importante do ano para o Corpo de Bombeiros. Começa em meados de dezembro e segue até o Carnaval,” explica o capitão Peloze.  Com recursos garantidos para manter a operação em 61 dos 295 municípios catarinenses, tem caixa R$ 15 milhões.

Segurança Pública

A Operação Veraneio 2018-2019 será coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada, presidido pelo secretário da Segurança Pública Alceu de Oliveira Pinto Junior. Além das polícias Civil, Militar e Rodoviária, Bombeiros, IGP e Detran, também atuarão de forma integrada as secretarias da Defesa Civil e da Justiça e Cidadania, Exército, Marinha, Aeronáutica, polícias Federal e Rodoviária Federal, bem como as prefeituras abrangidas por meio das guardas municipais.

Aparato

  • 9 mil profissionais de segurança pública
  • 1.000 guarda-vidas contratados
  • 2.000 mil viaturas sete helicópteros e três aviões, além de quadriciclos, motonaúticas embarcações.

Reforço vizinho

A novidade deste ano é que com a expectativa da vinda de 1,5 milhão argentinos, policiais e bombeiros do país vizinho também estarão integrados. A participação deles foi viabilizada através de
convênio de cooperação na área de segurança pública entre Santa Catarina e a Província de Missiones (AR).

Para os 81 dias de operações, as corporações terão forte apoio tecnológico. Pela primeira vez um sistema de inteligência analítica foi adotado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. A plataforma tecnológica permitirá acompanhamento em tempo real das ações de segurança em andamento. As autoridades de segurança e o governador terão acesso online ao sistema de informações para acompanhamento permanente via tablet e smartphone.

Fonte: Governo de Santa Catarina

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com