Notícias

Operação Alerta Vermelho: Bombeiro faz semana de prevenção a acidentes domésticos

Published

em

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Nessa primeira semana de julho, os Bombeiros Militares catarinense dão início a operação Alerta Vermelho, que tem como objetivo prevenir os incêndios e acidentes domésticos. Para isso, eles vão até as residências para orientar os cidadãos. As ações de prevenção realizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar reduziram em 20,5% o número de ocorrências de incêndio no primeiro semestre de 2019, comparados com o mesmo período do ano passado. Entre o dia 1º de janeiro e 31 de maio deste ano, foram 2.923 ocorrências no estado, enquanto no último ano foram 3.677 registros.

O capitão dos Bombeiros de Lages, Tadeu Pelozzi explica que é importante verificar a validade da mangueira do gás e deixá-lo para o lado de fora da residência, também checar como está a condição da válvula de gás, e não ligar nenhum equipamento elétrico em caso de vazamento de gás, mas sim deixar o ambiente ventilado. 

Em relação ao fogão a lenha, o bombeiro frisa a importância de usar madeira apropriada para o fogo e não lenha molhada, não arrumar lixo ou combustível inflamado; deixar o ambiente com uma entrada de ar, pois a queima da lenha consome oxigênio; limpar o cano do fogão, pois sujo pode ocasionar um incêndio; afastar cortinas, móveis e outros materiais que podem pegar fogo; não fazer varais perto do fogão; nunca deixar o fogo sem vigilância; esperar as cinzas esfriarem para removê-las; não aquecer lenha dentro do fogão e não deixar crianças próximos do fogo. “Já agendamos algumas escolas para virem aqui no batalhão receber orientações”.

Dia Nacional do Bombeiro

A operação Alerta Vermelho faz parte das comemorações do Dia Nacional do Bombeiro, celebrado hoje, e contempla os 14 batalhões de bombeiro militar, de todas as regiões do estado. “Esta é uma operação que acontece anualmente e busca orientar as pessoas para a prevenção de acidentes, em situações rotineiras. Os militares instruirão, por exemplo, a correta instalação de botijões de gás”, explica o comandante-geral do CBMSC, coronel Charles Alexandre Vieira. A data oficial marca a criação da atividade de bombeiro no Brasil, determinada por Dom Pedro II, no Rio de Janeiro, em 02 de julho de 1856.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta