Geral

Não está definido quem fará a Festa do Pinhão

Published

em

Foto: Festa do Pinhão/Divulgação

O processo licitatório para a realização da 32ª Festa Nacional do Pinhão, programada para ocorrer do dia 5 a 14 de junho, foi lançado no final de outubro do ano passado e os envelopes com as propostas foram abertos em janeiro. Porém, nenhuma das duas empresas participantes até agora venceu o certame, pois uma fica apontando falhas no processo da outra.

As empresas Impacto Vento do Norte, de Porto Alegre (RS), e a Gaby Produções, de Novo Hamburgo (RS), foram inabilitadas pelo setor de licitação na primeira fase do processo, pois houve falta de documentação de ambas.

Nesta quarta-feira (12), as duas contestaram a decisão da prefeitura, alegando que estavam em dia com os papéis. A próxima fase agora é a manifestação da Fundação Cultural de Lages, o que deve ocorrer em até cinco dias úteis. Depois disso, o relato vai para o setor de licitação que reunirá documentação para enviar para a Procuradoria Geral do Município.

Segundo informações da Fundação Cultural de Lages, não há risco da festa não acontecer, mesmo que nenhuma empresa seja escolhida pelo processo de licitação. A ideia é fazer uma contratação emergencial ou a própria prefeitura realizará o evento.

A empresa vencedora ficará responsável pela produção da festa nos próximos cinco anos, como aconteceu com a Gaby Produções até o ano passado. A prefeitura definiu o valor mínimo de R$ 120 mil como lance. Esse valor deve ser pago por ano para a prefeitura, até o fim do contrato.

Faltam quatro meses para a realização do evento e independentemente de quem vencer o processo, a dificuldade será contratar shows dentro de um prazo tão curto, já que músicos em evidência têm agenda muito apertada. 

História

A Festa Nacional do Pinhão, que aconteceu pela primeira vez em 1973, começou como uma pequena comemoração comunitária. Como a região possui muitas araucárias, foi decidido que o pinhão seria o tema da festa. A primeira edição, realizada na Praça João Costa, reuniu muita música, dança e claro, muito pinhão cozido e gratuito a todos.

Em 1989, a festa entrou oficialmente para o calendário da cidade, sendo lançada como 1ª Festa Nacional do Pinhão. A partir de então, cresceu e expandiu suas fronteiras, atraindo a cada ano mais e mais público e mais expositores, trazendo shows de grandes nomes do cenário musical nacional. Em 2020, o evento chega a sua 32ª edição.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com