Conecte-se a nós

Notícias

Municípios assinam convênios do transporte escolar com o Estado

Published

em

Foto: Onéris Lopes/Amures/Divulgação

Um dos principais gargalos da educação na Serra Catarinense, o transporte escolar de alunos da rede estadual de ensino, teve os convênios com as prefeituras referente ao exercício 2019 assinados na tarde desta quarta-feira (13). O ato aconteceu na sede da Gerência Regional de Educação – Gered com presença maciça dos prefeitos.

Há pouco mais de um mês no cargo, a gerente regional de Educação, Claudia Maris Coelho Pezzi, disse ser uma meta passar em todos os municípios para conversar com os prefeitos e secretários de educação. “Precisamos fortalecer a educação municipal e promover a integração com a educação estadual. Os índices da educação não avaliam apenas os dados do Estado, mas inclusive da educação municipal. Isso nos motiva caminharmos juntos”, declarou.

Ela chamou os prefeitos um a um para assinatura de convênio de transporte escolar. Cada município apresentou sua reivindicação de complementação de verba para manter o serviço de transporte de alunos da rede estadual. “Além do convênio assinamos o pedido de complementação de acordo com a necessidade de cada município”, afirmou Claudia Pezzi.

Todos os municípios tiveram reajuste nos valores em relação ao ano passado. O presidente da Amures e prefeito de Bom Retiro, Vilmar Neckel, disse que este primeiro diálogo com o Estado foi positivo. “Sabemos que ainda há pendências, que existem linhas exclusivas com alunos do Estado, cursos técnicos e ensino integral. Questões que precisamos adequar e isso demandará planilhas especiais”, defendeu Neckel.

No caso de Bom Retiro, o incremento do valor do repasse do transporte escolar pode ser superior a 50% devido ao curso técnico e o ensino integral. O que os prefeitos consideraram importante é que a Secretaria de Estado da Educação está aberta para dialogar e negociar outros valores.

Hoje 5.050 alunos da rede estadual são transportados pelas prefeituras na região da Amures para 53 unidades escolares. Em muitos casos, os alunos moram a até 50 quilômetros de distância da escola.

Os valores liberados para cada município não foram divulgados, mas sabe-se que é pelo número de alunos transportados.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook