Notícias

Morre o homem que teve 70% do corpo queimado por assaltantes

Published

em

A SC-120 em Curitibanos foi cenário de um crime bárbaro no último domingo (30). Três criminosos abordaram o motorista Walmor da Silva, de 65 anos, que estava parado no acostamento na BR-470 trocando pneu e o levaram para outro local, ateando fogo na vítima e roubando o veículo. Walmor estava em coma na UTI e não resistiu às queimaduras. Ele faleceu no começo da madrugada de quarta-feira (2).

O fato aconteceu próximo ao trecho que fica na Serra da Santa, em Pouso Redondo. Os bandidos queriam o Ford Escort da vítima e levaram ele para o interior de Curitibanos, nas proximidades do Recanto dona Elvira. O trio ateou fogo no idoso.

O senhor conseguiu pedir socorro para uma capataz de uma fazenda, sendo socorrido e encaminhado ao Hospital Helio Anjos Ortiz, em Curitibanos, em estado grave. Os autores do crime foram presos na cidade de Lebon Régis.

De acordo com delegado Diones Freitas, da Delegacia de Lebon Régis, os suspeitos foram presos às 10h de domingo em flagrante, por tentativa de latrocínio. Eles foram detidos pela Polícia Militar, transitando no município com o carro da vítima.

Foram presos uma mulher de 28 anos, o marido dela, 25 anos, e um homem, 31. A identidade do trio não foi divulgada. De acordo com a Polícia Civil, eles são reincidentes em crimes de roubo, e possuem passagens por furto e ameaça. Conforme Freitas, dentro do carro de Walmor foi encontrado um pedaço de papel com o nome dele e uma senha.

Ainda de acordo com o delegado, testemunhas foram ouvidas, mas a motivação do crime ainda não foi esclarecida. O homem era de Lontras, mas seu corpo foi transladado para Pouso Redondo, no alto Vale do Itajaí.

clique para comentar

Deixe uma resposta