Conecte-se a nós

Essencial

Mistério e romance se misturam em “A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata”

Published

em

Foto: Divulgação

Quando o termo “torta de casca de batata” aparece no título de um filme, há quem torça o nariz e não leve a sério a produção. Mas “A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata” pode surpreender até os mais críticos. Lançado em agosto deste ano, o filme está disponível no catálogo da Netflix.

Um dos primeiros pontos positivos para o filme é a protagonista Juliet Ashton, interpretada pela britânica Lily James que chegou ao estrelato após protagonizar o live-action de Cinderella. Desde então, Lily vem fazendo uma escolha interessante de filmes para seu currículo, mostrando que pode se tornar uma das atrizes de peso dos próximos anos.

A personagem Juliet é quem dá início à história, ao receber uma carta da sociedade literária de Guernsey e passou a se interessar pelo grupo de leitores. Curiosa, ela decidir ir até as ilhas de Guernsey e encontrar-se com os excêntricos membros da sociedade literária. A história se passa no período pós Segunda Guerra Mundial e, por causa disso, um mistério envolve os frequentadores do grupo. Juliet passa a se interessar por este mistério, decide escrever um livro sobre os acontecimentos.

O processo de pesquisa de Juliet acaba levando o espectador a se conectar com a história e se interessar ainda mais pelos detalhes sobre o passado dos frequentadores do grupo. Além disso, as paisagens das ilhas Guernsey, localizada no norte da região francesa da Normandia, entre o Canal da Mancha e o Golfo de Saint-Malo ao sul, encantam e dão vontade de colocar o local na lista de lugar a se conhecer. E onde entra a torta de casca de batata na história? Bem, é preciso assistir para descobrir.

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: