Conecte-se a nós

Notícias

Mato alto e proliferação de animais chama atenção de moradores

Published

em

Foto: Correio Lageano

Em Lages, inúmeros terrenos, que mesmo cercados ou murados, os proprietários abandonam e não limpam, deixando que o mato cresça e animais peçonhentos se proliferem, não pensam no entorno e nas formas que a sujeira pode prejudicar, inclusive, a saúde dos moradores.

Um terreno na Avenida Dr. João Pedro Arruda, chama atenção por ter um barracão, estar cercado, e com mato tão alto que quase não dá para enxergar o barracão. A Prefeitura de Lages foi procurada, pois, até então, a informação que se tinha era a de que o terreno era de propriedade do município.

O gerente de Desenvolvimento Econômico, Amauri Bacci, explicou que o terreno foi doado em 1986 e transferido em documento em 1996 para a Indústria Manrich e, agora, está em processo de contrato de compra e venda com a Fimel Indústria e Comércio de Bebidas. Um dos proprietários do terreno, Nelson Luis Melim, garante que já solicitou a limpeza do terreno.

Amauri explica que a prefeitura busca os proprietários do terreno para limpeza e até conversar para saber se irá cumprir com os requisitos de emprego e renda. Devido à atual situação do imóvel, a prefeitura pode entrar com processo de reversão, mas, segundo o gerente, é algo muito moroso.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta