Conecte-se a nós

Notícias

Moradores de Urubici esperam solução para os constantes picos de energia

Published

em

Foto: Divulgação

É por uma rede social que moradores manifestam sua revolta contra a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). Pela página Correio Urubici, de Urubici, na Serra Catarinense, as pessoas relatam os horários das quedas de energia, os problemas causados e cobram por soluções.

A cidade é turística e recebe visitantes, principalmente, aos finais de semana. Porém, Urubici está sob ameaça de ter o número de turistas reduzido. Isso porque desde janeiro os picos de energia são constantes. Para se ter uma ideia, no último fim de semana, 15 picos de energia foram registrados e diversas pessoas relataram que os eletrodomésticos queimaram com a oscilação.

Mas a preocupação de quem vive e depende da energia elétrica não é somente com o turismo, os produtores de hortaliças e de leite também estão apreensivos com a quantidade de vezes que ficam sem energia no mesmo dia e temem perder a produção.

Um morador, que não quis ter a identidade revelada, comentou que um grupo organizado irá acionar a Celesc no Ministério Público.

Por meio de nota, via e-mail, a Celesc respondeu: “A situação do sistema elétrico na região de Urubici está sendo avaliada pela Celesc, que prepara um plano de melhorias já para 2019, com aporte de recursos. O plano será apresentado à região por meio de audiência pública, a ser agendada pela Empresa.”

E mais: “Em obediência ao Código de Defesa do Consumidor e às resoluções da Aneel, a Celesc estabeleceu critérios para atendimento de reclamações por danos em equipamentos elétricos de unidades consumidoras atendidas em baixa tensão, causados por deficiências ou anormalidades no sistema elétrico da distribuidora, ou por obras e atos necessários a sua manutenção, operação e ampliação.

Para tanto, o consumidor precisa estar em dia com a distribuidora e não está autorizado a retirar o equipamento da unidade consumidora e nem consertá-lo antes do término do prazo para a vistoria.

O ressarcimento pode ser solicitado via call center (0800 48 0120) ou nas Lojas de Atendimento da Celesc. Nos casos de deferimento, o ressarcimento poderá ocorrer por meio de depósito em conta bancária, cheque nominal ou crédito na própria fatura de energia. Mais informações no link https://goo.gl/TZEpkV.”

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta