Notícias

Lageano recebe medalha de Mérito da Aviação da PMSC

Published

em

Foto: Bega Godóy

O lageano Rafael Bornhausen, de 35 anos, recebeu a mais alta comenda da Aviação de Segurança Pública, a Medalha do Mérito da Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina. O ato é em reconhecimento pelos relevantes serviços prestados à causa da Aviação de Segurança Pública e Defesa Civil no Estado de Santa Catarina. 

O tripulante operacional multimissão do Helicóptero Águia 4,  foi condecorado na quinta-feira (28) no Batalhão de Aviação em Florianópolis. O cabo gosta de reforçar no que diz respeito ao empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. “Ou você faz uma coisa bem feita ou não faz”, diz ele parafraseando o piloto Airton Senna.

O militar também foi para o Força Nacional de Segurança Pública em 2016 quando participou da segurança dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro.

“É uma grande honra e orgulho receber essa tão nobre comenda. Fico lisonjeado e muito feliz com esse distinto reconhecimento. Destaco que essa medalha não é só minha, mas é a soma de todos aqueles que me rodeiam, meus pais que me fizeram o que sou hoje, minha esposa que sempre esteve ao meu lado, meus amigos e, principalmente, meus colegas de trabalho.

Agradeço ao meu comandante, Major Rangel pelo reconhecimento e aproveito para dizer que este reconhecimento serviu para me incentivar ainda mais e me deu forças para continuar lutando pela Aviação de Segurança Pública Catarinense e em especial nosso povo lageano e serrano”,  explica o cabo da Polícia Militar de Santa Catarina, que atua na na 5ª Companhia de Aviação da PMSC, em Lages onde ingressou em junho de 2014.

Trajetória é de muitas comendas

Rafael Bornhausen é especialista em Ciências Penais (Instituto LFG) e especialista em Inteligência Criminal (Unidavi). 
Incorporou nas fileiras do Exército, no 1º Batalhão Ferroviário, em março de 2003. Logo no primeiro ano foi destaque, vindo a ser agraciado com a Medalha de Praça Mais Distinta.

Ingressou no Curso de Formação de Cabos em 2004. Em 2006, foi selecionado para compor o 4º Contingente da Companhia de Engenharia de Força de Paz no Haiti. Antes de embarcar foi homenageado, juntamente com seus pares, na Câmara de Vereadores de Lages, com o Diploma de Honra ao mérito pelos relevantes serviços prestados à cidade de Lages. Permaneceu no Haiti por 6 meses.

Por sua participação na missão de paz das Nações Unidas, recebeu as condecorações: Medalha das Nações Unidas, Medalha Soldado da Paz, Medalha Jubileu de Ouro da Vitória e Medalha Batalhão Suez. 

Ao retornar do Haiti logo foi aprovado no concurso público para Polícia Militar de Santa Catarina e, ao despedir-se das fileiras do exército foi agraciado com o Diploma de Honra ao Mérito por em 5 anos de caserna não possuir qualquer advertência ou punição sendo exemplo para seus pares. Em julho de 2008 ingressou na PMSC.


No início de sua carreira policial foi designado para a missão de ajudar o povo catarinense no médio vale do Estado, mais precisamente na região de Itajaí e Morro do Baú, que estava sendo assolado pela enchente que devastou o Estado naquele ano.

Em 2013 foi aprovado no concurso interno para o Curso de Tripulante Operacional Multimissão (TOMM) do Batalhão de Aviação da Polícia Militar (BAPM) e após êxito nos testes e no curso, foi aprovado em 2014.

Passou a exercer a função de TOMM no BAPM em Florianópolis e posteriormente, com a ativação da base de Lages, em 2015  foi transferido para sua cidade natal. Um ano depois, juntamente com a equipe do Águia 4, recebeu uma homenagem na Câmara de Vereadores de Lages pelos relevantes serviços.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta