Conecte-se a nós

Esportes

Falha de goleiro argelino dá liderança do grupo C à Eslovênia

Published

em

Polokwane (África do Sul), 13/06/2010, (EFE)

 

O goleiro argelino Chaouchi foi decisivo neste domingo para a seleção eslovena conseguir duas façanhas de uma vez em Copas do Mundo.

 


Graças a uma falha do goleiro ao tentar defender chute de Koren, a Eslovênia venceu a Argélia por 1 a 0 em Polokwane, pelo grupo C da Copa do Mundo.

 


Com isso, a equipe conquistou sua primeira vitória em Mundiais – participou da edição de 2002, mas não marcou pontos – e o resultado ainda a levou à liderança de sua chave, também integrada por Inglaterra e Estados Unidos, que ontem empataram em 1 a 1.

 


Aos 33 minutos do segundo tempo, Koren chutou da entrada da área em direção ao canto esquerdo de Chaouchi, que pulou no canto certo, mas a bola bateu em seu ombro antes de entrar.

 


Fora a falha de Chaouchi, faltou emoção ao jogo. O melhor jogador de futebol presente à partida estava fora do gramado. O craque francês Zinedine Zidane, que é filho de argelinos, acompanhou o embate dos camarotes do estádio Peter Mokaba.

 


O confronto começou morno, com as duas equipes assumindo poucos riscos e apenas se estudando. Nos 20 primeiros minutos, esse panorama só foi quebrado aos dois, quando uma falta cobrada da intermediária pelo argelino Belhadj obrigou o goleiro esloveno Samir Handanovic – irmão do goleiro reserva, Jasmin – a se esticar para mandar a bola para escanteio.
As duas equipes demonstraram muita disposição, mas o esforço de ambas não se traduziu em objetividade. Muitos lançamentos para o campo de ataque do adversário acabavam nas mãos do goleiro ou atrás da linha de fundo.

 


Os argelinos, pelo menos, pareciam mais à vontade com seu primeiro jogo nesta Copa do Mundo, trazendo um jogo um pouco mais descontraído do que o dos eslovenos.

 


A Eslovênia só ofereceu risco real à defesa argelina aos 20 minutos do primeiro tempo, quando uma falta cobrada da direita por Birsa levou o goleiro argelino Chaouchi, também atrapalhado pelo sol, a espalmar a bola para fora da área.

 


Em nova falta para os eslovenos no minuto seguinte, agora pelo lado esquerdo, a bola foi levantada na área por Kirm. Chaouchi conseguiu afastá-la mesmo atingido pelo zagueiro esloveno Cesar, que subiu junto com ele para disputar a bola.

 


Aos 35, um dos únicos lances de perigo da etapa inicial: após cobrança de escanteio pela esquerda, o zagueiro argelino Halliche subiu mais alto que a defesa eslovena e cabeceou perto da trave esquerda de Samir Handanovic.

 


Aos 43, a Eslovênia pareceu ter acordado para o jogo. Birsa arriscou um lindo chute de fora da área, para grande defesa de Chaouchi, num dos poucos momentos de emoção de um primeiro tempo que terminou com apenas três finalizações para cada lado.

 


Na segunda parte do jogo, mais do mesmo. Muito esforço em vão de ambas as partes e pouco poder de fogo, com um pouco mais de pressão por parte da Argélia. Chamou mais a atenção a coragem de um torcedor argelino que decidiu acompanhar a partida do topo de um dos postes de iluminação do estádio.

 


A partida ficou um pouco mais aberta depois do 'feito' do argelino Ghezzal, que entrou em campo aos 13 minutos do segundo tempo, recebeu o cartão amarelo um minuto depois por cometer uma falta e viu o vermelho aos 28, quando tentou dominar a bola com a mão.

 


No entanto, não foi por ter mais espaço em campo que, aos 33, Koren fez o gol que deu a vitória à Eslovênia.

 


No final do jogo, a Argélia ainda chegou a ficar com nove jogadores em campo depois que Saifi teve que deixar o gramado machucado – as três alterações do time já haviam sido feitas.

 


Os próximos confrontos da chave acontecem no dia 18, quando os americanos enfrentam os eslovenos no estádio Ellis Park, em Johanesburgo, enquanto ingleses e argelinos se enfrentam no Green Point, na Cidade do Cabo.


.
Ficha técnica


Argélia: Chaouchi; Yahia, Bougherra, Halliche, Belhadj; Lacen, Ziani, Yebda; Kadir (Guedioura), Djebbour (Ghezzal) e Matmour (Saifi). Técnico: Rabah Saadane.


Eslovênia: Samir Handanovic; Breko, Suler, Cesar, Jokic; Kirm, Koren, Radosavljevic (Komac), Birsa (Pecnik); Novakovic e Dedic (Ljubijankic). Técnico: Matjaz Kek.


Árbitro: Carlos Batres (Guatemala), auxiliado por Leonel Leal (Costa Rica) e Carlos Pastrana (Honduras).


Cartões amarelos: Radosavljevic e Komac (Eslovênia); Ghezzal e Yebda (Argélia).


Cartão vermelho: Ghezzal (Argélia).


Gol: Koren (Eslovênia).

 

Foto: (EFE)

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais