Coronavírus

“Estamos numa crise sem precedentes e todos precisam colaborar”

Published

em

Coronel Zelindro Farias fala da atuação da PM no combate ao Covid-19 / Foto arquivo CL

O Coronel PM Zelindro Ismael Farias, comandante da 2ª Região de Polícia Militar de Lages fala sobre as ações em combate ao coronavírus, após a prorrogação do decreto do governador Carlos Moisés. São mais sete dias de quarentena em Santa Catarina. Nesse período, as abordagens são de orientação, informando sobre o decreto e o dever de todos em cumpri-lo para preservação da saúde de todos.

O comandante conta que a população participa e está atenta aos trabalhos dos militares. Em sua ampla maioria, segundo ele, as ligações visam tirar dúvidas. Eventualmente, o batalhão recebe alguma denúncia para averiguação. “A população e empresários absorveram a importância das medidas impostas para a contenção do Covid-19”, explica.

No entanto, para manter a ordem nesse período os policiais encontram dificuldades na falta de consciência coletiva, embora de uma minoria, em colaborar. “Por falta de empatia, ignorância e usura, daqueles que não acreditam na existência da Covid – 19 e seus efeitos devastadores à vida humana”, argumenta. Para ele, os desafios são diários e diante da crise a polícia militar de Santa Catarina apresenta um serviço de excelência e total dedicação à missão de proteger a sociedade.

Quanto ao efetivo, Zelindro adianta que os militares estão sendo empregados conforme a necessidade da gestão. Cumprindo todas as determinações do Governo do Estado com muito empenho e dedicação. ‘São nos momentos difíceis que reforçamos a importância da união e parceria entre sociedade e polícia para alcançarmos um bem maior, que é a saúde e o bem estar de todos. Recebemos, inclusive, reforço das unidades destacadas da Polícia Militar Ambiental em toda a região”,ressalta

O comando mudou as estratégias para mais esses sete dias de quarentena pois precisou redirecionar os esforços para dar cumprimento à todas as demandas de contingência, sobretudo porque é uma crise sem precedentes. À reportagem do Correio Lageano, o comandante também frisou a competência da PM durante a crise, exaltou a importância das medidas e as parceria firmadas nesta luta contra o novo coronavírus.     

Correio Lageano – Como tem sido as abordagens da PM? 

Coronel PM Zelindro Ismael Farias: Estamos cumprindos todos os procedimentos conforme a legislação, e o Decreto 515/2020 e demais Decretos e Portarias em vigor,  sempre focando na saúde e bem estar do cidadão.

Qual o procedimento da PM para quem desobedece o decreto? 

Inicialmente se determina o fechamento em até uma hora e é lavrado o termo de Irregularidade Administrativa. Também é afixado na porta principal a notificação. Se não houver acatamento do prazo estabelecido, a Polícia Militar encerra as atividades/funcionamento do estabelecimento, evento ou atividade; Lavrando o Termo de Interdição Cautelar de Ordem Pública.

Qual a punição para o empresário que resiste as orientações?

No caso de descumprimento incorrerá no crime de desobediência e no crime de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, conforme artigos 330 e 268 do Código Penal, respectivamente.

Qual a orientação para os cidadão que querem denunciar transgressões?

Os cidadãos podem e devem ligar na Central Regional de Emergência pelo 190 ou ainda pode utilizar o aplicativo PMSC cidadão. Todas as denúncias serão averiguadas.

Quais as parcerias firmadas para que o decreto do governador se cumpra?

Estamos alinhados com todos os demais órgãos e seus entes nos âmbitos federal, estadual e municipais, bem como com a sociedade civil representada pela mídia (órgãos de imprensa), clube de diretores lojistas, associações comerciais e industriais, clubes de serviço, Lions, Rotary Clube e Maçonaria, autoridades eclesiásticas da igreja católica e  diversas congregações religiosas de denominações cristã e espírita, entre outras forças vivas da sociedade.

“Aproveito a oportunidade para agradecer em nome do Governador do SC, e em especial, em nome Comando Geral da PMSC e Comando da 2° Região Policial Militar aos cidadãos catarinenses por sua resposta e colaboração neste momento, em permanecerem nas suas residências em isolamento e reduzindo, assim, a circulação e transmissão do Covid 19. Só assim iremos superar essa crise e reduzir a curva de contágio salvando inúmeras vidas”.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com