Conecte-se a nós

Esportes

Escolinha da Rosinha é campeã sub-17 da Copinha

Published

em

Jogadores da equipe campeã comemoram o título que veio após goleada por 9 a 1 - Foto: Zé Elias/Divulgação

Torcedores conheceram mais uma equipe campeã da 1ª Copinha Marka Sports de Futebol Society, que está acontecendo em Lages. No último fim de semana, aconteceram as disputas da 3ª etapa, desta vez envolvendo a categoria sub-17. De forma invicta, a Escolinha da Rosinha ficou com o título, após vencer equipe do Layons/Habitação na final. As disputas foram realizadas no campo Soberano Society Pub, no Bairro São Francisco.

O torneio contou com a participação de oito equipes, que formaram dois grupos com quatro times cada, classificando as duas primeiras de cada chave para as semifinais. O Layons/Habitação chegou à final depois de bater a equipe da Escolinha Bastião. Após empate em 4 a 4 no tempo normal, venceu por 3 a 0 na prorrogação.

Já equipe da Escolinha da Rosinha se classificou para a final depois de bater, na semifinal, por 4 a 3, a Escolinha Marka. E na grande finalíssima, goleou o Layons por 9 a 1. Mateus Mendonça, do Layons/Habitação, ficou com o troféu de artilheiro da competição. Já o título de defesa menos vazada ficou com a equipe campeã. A Copinha terá sequência no mês que vem. restam ainda as disputas das categorias sub 7, 9, 11 e 13.

“Começamos a colher os frutos”

Rosinha, responsável pela equipe campeã, ressaltou que a conquista vem coroar vários anos de intenso trabalho. “Começamos a colher os frutos do trabalho. Não foi fácil, mas conquistamos o título de maneira invicta. Foi o nosso primeiro título em uma competição grande, isso é muito bom, porque dá experiência e bagagem para os nossos atletas”, avaliou.

O projeto social Escolinha da Rosinha surgiu em 2010 no Bairro Santa Mônica. Atualmente, é desenvolvido na região do Bairro Habitação. Os participantes praticam futebol de campo, futsal e futebol society. Hoje, atende 120 meninas e meninas de 7 a 17 anos. É mantido, basicamente, com o apoio de parceiros. “Às vezes tiro dinheiro do meu próprio bolso para manter o projeto”, pontuou Rosinha, destacando que que o objetivo é trabalhar com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A participação no projeto é gratuita.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: