Notícias

Entrevista com o vereador Pedro Figueiredo (PSD)

Published

em

Foto: Marcela Ramos

O senhor trabalhou na administração do ex-prefeito Elizeu Mattos (MDB), era diretor de infraestrutura na Secretaria de Agricultura, indicado pelo seu antigo partido, o PTB. Um pouco antes de decidir pela candidatura, o senhor mudou de partido e foi candidato pelo PSD?

Eu estive na administração do prefeito Elizeu Mattos, se não me engano, fiquei 12 meses como diretor na [Secretaria] Agricultura, depois deixei o cargo. 

O senhor indicou alguém para ficar no seu lugar?

Indiquei sim, uma pessoa de minha confiança.

Essa pessoa continua lá?

Não, ela saiu

O seu espaço político se deve muito ao período do senhor como diretor de infraestrutura, indicado pelo antigo partido, o senhor não estava contente no PTB, porque o senhor foi para o PSD?

Mudei porque não tive espaço. Você, um representante da cidade, tem que representar o povo lageano e não tive espaço para ajudar a região que eu moro, que é uma região carente. 

O senhor é uma liderança no seu bairro, o Santa Clara, uma região em que falta muita infraestrutura, áreas de lazer, pavimentação e esgoto, é um local com situação de pobreza…

É uma região carente, então, a gente sempre está buscando melhorias e cobrando o prefeito. ‘Agora’, serão pavimentadas umas ‘quantas’ ruas. Vai melhorar.

Mas o senhor, enquanto vereador, consegue fazer algo efetivo? Por que o senhor se elegeu com o discurso de resolver os problemas do bairro. O senhor se identifica como vereador do Bairro Santa Clara, mas a função do vereador não seria mais de legislar e fiscalizar, e não de executar? 

É, a função do vereador é mais de fiscalizar, mas como a gente representa [o bairro], e está na base do prefeito Antonio Ceron, assim como a população cobra, a gente também tem de cobrar. 

A sua proximidade com o prefeito Ceron faz com que aconteçam mais coisas no bairro?

Mais coisas, a gente sempre está cobrando. Hoje de manhã (5 de agosto) tive uma reunião com o prefeito Antonio Ceron. A gente sempre está cobrando pela região, pavimentação, parque, capela mortuária que não tem. A gente está batalhando sempre nisso. 

Apesar da função do vereador ser mais de fiscalizar o senhor está buscando que o Executivo faça alguma coisa, por que o prefeito é do seu partido? Desde quando o senhor foi eleito, há quase três anos, o que mudou no bairro em relação ao que era?

No bairro foi feito o dia D, o prefeito deu uma caprichada na região. Deu uma melhorada boa, não podemos reclamar, mas coisas sempre tem para fazer. 

As pavimentações ainda acontecerão?

Sim, a gente sempre vai cobrar e vai acontecer na região.

O senhor vai ser candidato novamente?

Sou pré-candidato para as próximas eleições.

O senhor disse que tem proximidade com o prefeito, mas ele tem recebido bastante críticas. A gente vê nas redes sociais e também dos seus colegas vereadores. Essa proximidade, e ser do partido do prefeito, não vai atrapalhar o senhor na hora de captar votos?  

Acho que não, o prefeito está buscando e batalhando pela cidade. O prefeito vai fazer uma ótima administração, está lutando pela comunidade lageana.

Muitos colegas seus, não só do PSD, mas de partidos que fazem parte da base do governo, posicionam-se como opositores do prefeito e da administração municipal. O senhor é vereador da situação?

Sim, da situação?

Como é ser um vereador da situação?

Eu voto a favor do povo, o melhor para a cidade de Lages. O projeto que chega na Casa tem de analisar e votar pelo povo lageano. 

Teve algum projeto que o governo municipal mandou e o senhor foi contra?

Que o governo mandou (pausa), que eu lembre, não.

Então, nessa lógica, tudo que é encaminhado pelo Poder Executivo é bom, por que o senhor sempre vota a favor?

Se for melhor para a cidade eu voto. 

Em 2019, o senhor só apresentou dois projetos de lei [até 5 de agosto], sei que nos outros anos tem mais, e desses dois, um é denominação de rua e o outro dá nome ao Cras. Esse é o papel do vereador? Não é pouco?

Pouco não é. Acho que você [vereador] tem de batalhar e lutar, como comentei agora há pouco, fazer o melhor pela cidade, pois está representando a cidade. 

 

clique para comentar

Deixe uma resposta