Negócios

Empresa italiana vai se instalar em Lages

Published

em

Foto: Toninho Vieira / Divulgação

Marca famosa entre profissionais especializados na área, a italiana Itely Hairfashion, empresa que atua na linha de cosméticos voltados à beleza e estética dos cabelos, está em processo de instalação em Lages. Dois executivos italianos – diretor comercial para a América Latina, Mauro Ferrari, e o engenheiro químico, Andrea Dedé, foram recebidos pelo prefeito Antonio Ceron, na tarde desta quinta-feira (28). Eles estavam acompanhados pelo empresário Luiz Figueiredo, e seu filho, Lucas Figueiredo, parceiros comerciais da Itely neste negócio.

Nascida há 32 anos em Milão, Itália a Itely distribui seus produtos para 80 países. Em Lages, pretende montar sua segunda fábrica no mundo, na estrutura física da antiga L’Apogee, empresa de esmaltes do grupo Lafi Cosméticos. A unidade fabril está localizada na Rua Soli Reis, bairro Santa Cândida, próximo à Área Industrial.

O barracão possui 1.300 metros quadrados e 90% das máquinas e equipamentos nacionais e importados já estão instalados. A estimativa é de que a operação da indústria comece por volta de março de 2020. Serão abertos 15 postos de trabalho, sendo que três já estão preenchidos, a exemplo de químico e responsável por compras.

Toda a produção lageana será distribuída para a América Latina, voltada a especialistas em salões e ao consumidor final. O portfólio é formado por xampus para todos os tipos de cabelos; condicionadores; cremes para tratamento, movimento e finalização, e produtos para coloração e descoloração. 

A empresa presta suporte com orientações e capacitações. “Mais uma boa notícia no mês em que Lages completou seus 253 anos de fundação, está cada vez mais próxima a data de início da operação deste empreendimento, surgida há mais de três décadas, com uma história de respeito e o aval de uma das mais relevantes empresas com DNA lageano”, opina o prefeito Antonio Ceron. 

Soli Reis será asfaltada

Os empresários solicitaram a pavimentação da Rua Soli Reis, pedido que foi acatado pelo prefeito. A prefeitura poderá iniciar a obra de asfaltamento em 60 dias. A inexistência de poeira no parque fabril e proximidades é uma das exigências da Vigilância Sanitária.

Texto: Daniele Melo/Prefeitura de Lages

 

1 Comentário

1 Comentário

  1. MIGUEL

    01/12/2019 at 08:36

    15 empegos isso me parece materia paga kkkk

Deixe uma resposta