Geral

Coronavírus: Ceron instalará Gabinete Emergencial de Prevenção e Acompanhamento do Covid-19

Published

em

Gabinete vai concentrar informações, decisões e demandas, sobre os procedimentos em casos suspeitos e confirmados da doença Foto: Toninho Vieira/PML/Divulgação

Ainda não saiu o resultado, confirmando ou não, o primeiro caso de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus em Lages. Mas, antecipando-se na prevenção e na tentativa de amenizar os impactos da circulação do vírus na cidade, o prefeito Antonio Ceron decidiu criar o Gabinete Emergencial de Prevenção e Acompanhamento do Covid-19 (coronavírus), que será instalado através de Decreto, na manhã desta sexta-feira (13).

Deverão integrar o gabinete, representantes de órgãos públicos e entidades ligadas à saúde, como da Secretaria Municipal da Saúde, Regional de Saúde, Corpo de Bombeiros, 1° Batalhão Ferroviário, 2ª Região de Polícia Militar, Samu, Defesa Civil, os hospitais Tereza Ramos, Nossa Senhora dos Prazeres e Seara do Bem, Conselho Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Educação, Gerência Regional de Educação (Gered), Conselho Municipal de Educação, Diocese de Lages e Conselho dos Pastores Evangélicos.

O objetivo do gabinete especial é concentrar informações e demandas, tomar decisões e orientar a população sobre os procedimentos que deverão ser adotados em casos suspeitos e confirmados da doença em Lages, atuando também na prevenção.

“Durante a greve dos caminhoneiros, em junho de 2018, montamos um comitê semelhante para decidirmos as ações, que foi um sucesso. Acredito que aqui temos profissionais preparados para atender às demandas que estão por vir e orientar a população”, analisa o prefeito Antonio Ceron.

A secretária da Saúde, Odila Waldrich, porta voz do Gabinete, está otimista com relação às estratégias que serão adotadas para conter o vírus no município. “Durante o surto da gripe H1N1, por coincidência, eu estava à frente dos trabalhos na Secretaria e montamos um cronograma de ações com profissionalismo, bom senso, maturidade e tranquilidade e tivemos êxito na tentativa de barrar a disseminação do vírus. Mas para isso precisamos ter equilíbrio e estar organizados”, lembra.

Protocolo de prevenção será decidido

Algumas medidas que serão adotadas após a confirmação de casos de Covid-19 na cidade deverão seguir o protocolo internacional da Organização Mundial da Saúde (OMS). Outras deverão passar pela análise técnica do Gabinete Emergencial de Prevenção e Acompanhamento do Covid-19 (coronavírus) instalado no Município.

Um exemplo é quanto ao isolamento ou não de pessoas que voltaram de viagem de locais onde há grande número de casos confirmados. “Temos quatro pessoas que voltaram da Europa e orientamos para que elas fiquem em casa e não exponham outras pessoas ao vírus, mas ainda vamos decidir se o isolamento forçado dessas pessoas será uma medida necessária, considerando que elas não apresentam sintomas”, argumenta a secretária Odila.

Jovem suspeita mantém quadro clínico estável

Por enquanto Lages tem apenas um caso suspeito da doença. A jovem de 28 anos permanece em isolamento domiciliar e está clinicamente estável, sem febre e com a mesma leve dificuldade respiratória que apresentou no início.

“Ela foi muito responsável, respeitando o isolamento e não colocando outras pessoas em risco. Gostaríamos que os próximos casos agissem da mesma forma, facilitando o trabalho de contenção do vírus”, salienta Odila.

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC), localizado em Florianópolis, ainda não concluiu os testes de confirmação da doença na amostra coletada em Lages. Não tem um prazo definido para o resultado.

Por Aline Tives/PML

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com