Negócios

Contratações temporárias para fim de ano

Published

em

Festas de fim do ano movimentam comércio e promovem contratações - Foto: Marcela Ramos

Quem está em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho deve ficar de olho, pois o fim de ano torna-se uma boa oportunidade. Durante a Black Friday e o Natal, a movimentação de consumidores é intensa no comércio, e os lojistas esperam vender mais do que em 2018. Mas para isso, precisam de mais funcionários para suprir a demanda.

Na loja Schumann, conforme o gerente Elton de Freitas, a loja contratou um funcionário a mais. “Pretendo contratar outro funcionário para atender a movimentação intensa de fim de ano”.

Além da Black friday, que provoca grande fluxo de pessoas à procura de bons preços, Elton explica que para atrair mais clientes a loja fez a promoção Black Now. “Nós fizemos um black now, que é uma antecipação do black friday, e estamos investindo forte nas mídias, para a divulgação.”

Em contrapartida, a loja Benoit não fará contratações temporárias para fim de ano, segundo o gerente Mateus Leite, o funcionamento segue normalmente. “Não que a expectativa de vendas seja baixa para não contratarmos mais gente, mas conseguimos manter o padrão de vendas da mesma forma”, explica.

Segundo ele, a expectativa é vender de 5% a 10% a mais do que no ano passado, mas, para isso, é preciso atrair o público. “Estamos investindo em prêmios de fim de ano para aproximar a clientela, e também proporcionamos as melhores formas de pagamento. 

Em Lages, as contratações não foram muito expressivas no ano de 2018, apenas 1% de admissões foram realizadas, ou seja, 66 empregos positivos nas contratações de fim de ano.

Conforme o diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Jhonatan Roberto Silva, neste ano é para ser diferente, pois abriram novos estabelecimentos comerciais na cidade. 

Acredito que neste ano  a gente consiga melhorar, pois abriram novas lojas em Lages. Devemos chegar de 3% a 5% a mais que o ano passado de admissões. A média de 5% pode crescer, pois muitas lojas ainda estão abrindo na cidade”, explica.

Cenário em Santa Catarina

Em Santa Catarina, a expectativa é de abertura de cerca de 2,2 mil vagas formais  no comércio e mais 5,5 mil no setor de serviços. Conforme dados do Caged, do Ministério do Trabalho. A projeção é semelhante aos anos anteriores.

Um em cada quatro empresários pretende ampliar o quadro de funcionários entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020, conforme aponta a pesquisa Trabalhadores Temporários no Comércio – Temporada de Verão 2020, realizada pela Fecomércio SC, com 400 empresas, nas cidades de Florianópolis, Itajaí, Blumenau, Joinville, Criciúma, Lages e Chapecó.

Os dados apontam para um cenário de estabilidade nas contratações, conforme avalia o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt. “É uma oportunidade para entrar no mercado e garantir um emprego fixo, visto que 46,5% das empresas afirmaram que podem efetivar o trabalhador”, afirma.

Mais da metade das contratações devem ocorrer no mês de dezembro. Por conta do perfil de contrato de trabalho, por tempo determinado, 68,3%, é nesse mês também que está previsto o maior número dos desligamentos.

Fonte: Fecomércio SC

clique para comentar

Deixe uma resposta