Geral

Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe é prorrogada até 5 de junho

Published

em

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, iniciada em todo o estado de Santa Catarina no dia 23 de março, foi prorrogada até o dia 5 de junho.

Além disso, o Dia D de mobilização nacional, que ocorreria no próximo sábado (9), foi cancelado. Com essas alterações, a terceira e última fase da Campanha começará na próxima segunda-feira (11), e será dividida em duas etapas.

De 11 a 17 de maio, serão vacinadas crianças de seis meses a menores de seis anos; pessoas com deficiência; gestantes, e puérperas até 45 dias.

De 18 de maio a 5 de junho, serão imunizados adultos de 55 a 59 anos e professores das escolas públicas e privadas.

A decisão de prorrogar a campanha por mais duas semanas e cancelar o Dia D foi tomada pelo Ministério da Saúde (MS) em função da atual pandemia do coronavírus e das dificuldades técnicas, científicas e logísticas encontradas neste momento.

A gerente de imunização da secretaria de saúde de Santa Catarina, Lia Quaresma Coimbra, reforça a importância da vacinação.

“A vacina contra a gripe não imuniza a população dos grupos prioritários contra o coronavírus, mas ajuda no diagnóstico da Covid-19, tendo em vista que os sintomas das duas doenças são bem parecidos”, esclarece.

Para evitar aglomerações nos postos de vacinação durante a Campanha, o Estado recomendou que os 295 municípios catarinenses adotassem medidas de higiene e prevenção, como descentralização da vacinação, disponibilização de álcool em gel para utilização dos profissionais da saúde e da população, máscaras para quem apresentar algum sintoma gripal e ampliação do horário de atendimento para que não haja aglomeração nos postos.

Com base nisso, os municípios desenvolveram estratégias próprias como, por exemplo, vacinação em domicílio, praças, escolas, drive-thru, entre outras.

Grupos prioritários e fases para a vacinação 

Fase 1 Público-alvo Estimativa de vacinação Vacinados
Idosos com 60 anos ou mais 670.228 779.489
Trabalhadores da saúde 134.793 122.410
Fase 2 Forças de segurança e salvamento 9.563 12.614
Pessoas com comorbidades 490.452 182.067
Jovens sob medidas socioeducativas e privados de liberdade 16.400 6.534
Funcionários do sistema prisional 3.981 2.123
Caminhoneiros 145.893 17.634
Trabalhadores portuários 4.277 1.742
Motoristas e cobradores de transporte coletivo 17.961 3.168
Povos indígenas 11.459 3.954
Fase 3 –
etapa 1
Crianças de 6 meses a menores de 6 anos 471.184
Pessoas com deficiência 221.726
Gestantes 71.524
Puérperas (até 45 dias após o parto) 11.752
Fase 3 –
etapa 2
Adultos de 55 a 59 anos 303.203
Professores de escolas públicas e privadas 76.775
TOTAL 2.661.171 1.131.735

*Fonte: SIPNI/DATASUS/MS. Dados atualizados às 13h do dia 4 de maio de 2020.

Casos de gripe em Santa Catarina

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde de Santa Catarina nesta segunda, 4 de maio, até o momento, o estado confirmou 37 casos de gripe (influenza) em 2020. Destes, 18 pelo vírus A (H1N1), 1 pelo vírus A (H3N2), 6 Influenza A subtipagem em andamento e 12 pelo vírus Influenza B.

Os municípios com casos confirmados são: Florianópolis e Itajaím com quatro casos cada; Chapecó e Lages, com três casos cada; Balneário Camboriú, Guaramirim e Indaial, com dois casos cada; Biguaçu, Braço do Norte, Campos Novos, Concórdia, Corupá, Ibirama, Imbituba, Jaraguá do Sul, Joinville, Navegantes, Palhoça, Rio do Sul e Rio Negrinho, com um caso cada; além de quatro casos de pacientes provenientes dos estados de Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

Do total de casos, dois morreram por gripe. Um homem, de 31 anos, morador de Lages, e outro de 81 anos, morador de Matinhos/PR, com notificação em Balneário Camboriú.

Novas dose recebidas

Santa Catarina recebeu nesta segunda-feira, 4 de maio, mais duas remessas, com 432.200 doses da vacina contra a influenza (gripe). As gerências de saúde de Florianópolis e Itajaí já receberam as novas doses. As demais vão receber no decorrer da semana.

Com mais essas remessas, já chegaram a Santa Catarina 2.206.200 doses, totalizando 82% de todo o quantitativo necessário para imunização da população dos grupos prioritários.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com