Conecte-se a nós

Entretenimento

Borguetti vem a Lages comemorar dois anos da Fábrica de Gaiteiros

Published

em

Maria Luiza, de 7 anos, irá se apresentar na noite de quarta - Foto: Marcela Ramos

Quarta-feira (21), véspera do aniversário do município de Lages, acontece o evento comemorativo aos dois anos do Projeto Fábrica de Gaiteiros, no Centro Cultural Vidal Ramos. Trata-se de parceria entre o Sesc em Santa Catarina e o Instituto Renato Borghetti de Cultura e Música.

Criado pelo músico gaúcho Renato Borghetti, o projeto é voltado à educação musical de crianças e jovens, por meio do ensino do acordeão diatônico, instrumento conhecido popularmente na região Sul do Brasil como gaita de oito baixos.

Para marcar este momento especial, haverá um show dos alunos da Fábrica de Gaiteiros do Sesc Lages, com participação de Renato Borghetti, às 19h30, na área externa do Centro Cultural Vidal Ramos. Antes disso, o músico se reunirá com o instrutor e os 32 alunos para roda de conversa relacionada à experiência do projeto na serra catarinense.

Desde o anúncio de que Lages seria a primeira cidade fora do Rio Grande do Sul a receber o projeto, feito durante a entrega da restauração do Colégio Rosa e abertura do Centro Cultural Vidal Ramos, a expectativa da comunidade era grande. Já se passaram dois anos desde o início das atividades em Lages, e o projeto é um sucesso.

Sobre a Fábrica de Gaiteiros

O acordeonista gaúcho Renato Borghetti, em suas viagens e shows pelo interior do Brasil e Rio Grande do Sul, recebe milhares de correspondências e pedidos verbais de fãs e admiradores. Entre tantas demandas, passou a carregar consigo algumas que considerou especiais: aquelas que solicitavam doação de gaitas ou auxílio para aquisição do instrumento, demasiadamente caro para os padrões brasileiros.

“Essas cartas e e-mails me fizeram perceber o quanto era restrito o acesso da gaita-ponto aos interessados de baixa renda, evidenciando, assim, a carência de um projeto que permitisse o estímulo e a inclusão de jovens talentos na perpetuação da autêntica cultura gaúcha, através da gaita de oito baixos,” comenta Renato.

Unir inclusão social, aumentando a autoestima e o espírito de coletividade, ao mesmo tempo estimulando a sensibilidade e conhecimento da cultura local é a finalidade do projeto, com uma gaita social, que estimula crianças e jovens a se interessarem pelo instrumento, oferecendo aos mesmos as devidas condições para o aprendizado e para futura aquisição do instrumento, criando uma verdadeira “Fábrica de Gaiteiros”.

Programação

  • Data: 21/11/2018
  • Horário: 19h30
  • Local: Centro Cultural Vidal Ramos – Sesc
  • Classificação: Livre | Entrada gratuita
  • Mais informações: http://www.fabricadegaiteiros.com.br/
Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: