Geral

Batalhão Ferroviário entrega os primeiros quilômetros duplicados da BR-116 

Published

em

Duplicação é realizada entre as cidades de Guaíba e Tapes no Rio Grande do Sul Foto: 1º Batalhão Ferroviário / Divulgação

Na manhã de ontem, 29,  o Exército Brasileiro, por intermédio do 1º Batalhão Ferroviário, com sede em Lages, entregou os primeiros cinco quilômetros da duplicação da rodovia BR-116, entre os municípios de Guaíba e Tapes, no Rio Grande do Sul. 

A obra foi iniciada em fevereiro de 2019, e possui 50,3 quilômetros de extensão. Os trabalhos de terraplenagem já estão bastante adiantados, e ao longo desse trecho, existem ainda, mais 22 quilômetros que já receberam a primeira camada de asfalto.

Os cinco quilômetros entregues aos usuários, estão totalmente concluídos, inclusive com a sinalização vertical e horizontal. 

Atualmente, trabalham na duplicação da BR-116, no Rio Grande do Sul, cerca de 250 militares, sendo a maioria lageanos.

A entrega da obra foi realizada pelo comandante Militar do Sul, General Geraldo Antonio Miotto, que, acompanhado de demais autoridades, percorreu o trecho duplicado. O Batalhão prossegue agora na execução dos demais trabalhos, cuja conclusão, está prevista para 2022.   

Tradição em obras rodoviárias

O Exército, por meio do batalhão instalado em Lages, já concluiu várias obras rodoviárias também na Serra Catarinense. Uma das maiores foi a pavimentação da BR-282 entre Lages e São José do Cerrito e depois entre Cerrito e Vargem, até o trevo com Campos Novos. 

Com recursos federais, os militares recuperaram a rodovia de acesso ao Morro da Igreja em Urubici. Com trechos em asfalto e outros em concreto, o único acesso aos pontos turísticos e, também, à Base da Aeronáutica, estava sem condições de uso. Essa obra já foi entregue, inclusive com a construção de um mirante que não fazia parte do projeto inicial. 

O 1º Batalhão Ferroviário também executa a pavimentação da Rodovia Caminho das Neves, em São Joaquim. A obra é realizada por meio de convênio com o Governo do Estado e compreende a ligação asfáltica entre as serras catarinenses e gaúcha.

Dos cerca de 30 quilômetros, 18 estão prontos. O restante deve ser finalizado assim que for concluído o projeto de federação da rodovia. 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com